segunda-feira, 26 de novembro de 2012

SEMINARIO BACANA E GRATUITO - 15 E 16 DEZEMBRO




O nome do curso promovido pelo Centro de Estudos Filosóficos Palas Athena nos dias 15 e 16 de dezembro é "Valores da Convivência na Vida Pública e Privada". Então voces podem se perguntar o que a foto do filme "Um Hotel Bom pra Cachorro" está fazendo aqui. É para ilustrar um ponto forte do seminário que trata da intolerância que temos às diferenças sejam elas de natureza física, comportamental, social, religiosa, política ou qualquer outra. Na palestra do carismático fundador da Palas Athena, Basílio Pawlowicz, ele levanta um fato curioso que acontece todos os dias bem debaixo dos nossos narizes: reparem nos cães soltos num parque (e tb nos da foto acima). Apesar das diferenças físicas (variedade imensa de cores, tamanhos e pelagem) e comportamentais, todos se reconhecem e se tratam como cães. Que bom seria se nós, humanos, também estivéssemos nesse ponto de compreensão.... e respeito.

Outros palestrantes que fazem parte da equipe da Palas Athena falam de temas que nos levam à reflexão e autoconhecimento. Um deles merece destaque: a dificuldade de ouvir e a necessidade de "competir" durante as conversas. Por meio de dinâmicas em grupo o público descobre como as pessoas estão apenas escutando umas às outras por pura educação ou obrigação, sem qualquer disposição para entender, para interagir... sem qualquer abertura para aprender algo novo. E muitas vezes a conversa vira uma competição com todos querendo sair "vencedores". Ouvir não significa concordar, mas estar disposto a compreender e analisar outro tipo de visão. O verdadeiro diálogo quebra barreiras e constrói. Mais temas desfilam nos dois de curso e os participantes recebem certificado no final. Dia 20, sábado, das 10h às 18h30 com parada para coffee break  oferecido pela casa e almoço (por conta de cada participante). Dia 21, domingo, das 9h30 às 13h. A Palas Athena está também de casa nova na Alameda Lorena, 355, no Jardim Paulista.
Inscrições pelo site www.palasathena.org.br Fone (11) 3266-6188.
 À propósito... eu fiz o curso e AMEI!!!

domingo, 25 de novembro de 2012

DÊ MI-AU BOOK DE NATAL!!!

A segunda edição do MI-AU BOOK ainda pode ser adquirida diretamente comigo pelo mesmo valor das livrarias (R$ 25) onde, aliás, será mais difícil encontrar porque restam poucas unidades espalhadas pelo Brasil. O livro reune cães e gatos de diversos Estados, alguns do Japão e dos EUA. Tb conta com a participação megailustre de Brigitte Bardot, que escreveu uma carta do próprio punho para o livro. Nas páginas centrais estão diversas ONGs de proteção animal como a Oito Vidas, Toca dos Gatinhos, Anjos do Bichos, Projeto Mucky e Santuário Ecológico Rancho dos Gnomos com lindas fotos de animais recuperados.



O livro será enviado pelo correio e em papel de presente, com marcadores e um brinde lindo! Não será cobrada taxa de postagem. Para quem pretende ter seu bichinho participando do próximo MI-AU BOOK essa é uma boa oportunidade de conferir estilo de foto e texto... uma visão geral. Embora o MI-AU BOOK 3 tenha toda uma diagramação diferente dos anteriores e seções novas, a essência é a mesma. Um livro pet-solidário lotado de celebrigatos e cãolebridades do BEM!, ou seja, bichinhos que estenderam a patinha para outros carentes e ficaram famosos por uma boa causa!!! Para adquirir o livro escreva para miaubook@hotmail.com 

 Quer conhecer melhor a proposta? Acesse http://mi-aubook.blogspot.com.br


MI-AU BOOK 3. SEU BICHINHO MERECE FAZER PARTE DESSE LIVRO!!!

O MI-AU BOOK III está entrando na reta final de inscrições. Dividido em duas partes, o MI-AU BOOK reune fotos de cães e gatos de todo o Brasil e tb do Exterior, além de ceder páginas para ONGs de proteção animal. Não perca a chance de imortalizar o amor da sua vida num livro pet-solidário que terá ainda presença de bichinhos mundialmente famosos e celebridades. Saiba mais acessando o blog do livro que já conta com fotos dos novos participantes: uma mais linda que a outra! Veja em http://mi-aubook.blogspot.com.br



Acima foto do Gordinho - gatinho do ilustrador (e gato!) do MI-AU BOOK II, Lino Art. O logotipo do MI-AU BOOK e emblema para seção das ONGs tb são criação do Lino.Na foto Gordinho repousa no abacateiro dando uma boa ideia de foto para o livro.




quinta-feira, 22 de novembro de 2012

MACACOS SÃO PESSOAS

Foto de Tim Flach revela o quanto os chimpanzés lembram humanos. Mas será que apenas "lembram"? OU de fato são pessoas? Será que não há uma resistência dos humanos os admitirem como iguais? Vale lembrar q tanto negros quanto índios já foram tratados como "bichos", inferiores aos brancos. Chimps, orangos gorilas e bonobos (espécie bem semelhante a chimps, mas menores) são todos grandes primatas, ou seja, sem rabo. Aliás, por essa razão é, inclusive, errado chamar esses grupos de macacos. Pra ser "macaco" tem que ter rabo. Esses grupos e os humanos são todos "grandes primatas" ou "apes". Não possuem patas, mas mãos e pés. Eles sorriem e riem... até gargalham. Possuem inúmeros sons para se comunicar, igualzinho que o homem fazia pra se comunicar no tempo das cavernas. Não se reproduzem com irmãos e filhos. Existe um claro sentido de moral e tb sentimento de luto.Fazem ferramentas, manipulam computador, se reconhecem no espelho e uns aos outros por meio de fotos. O que está faltando para os grandes primatas serem reconhecidos como "gente"?


NOTICIAS DO CONGO E GORILAS



Esperando pelo pior... se é que é possível piorar ainda mais

 
Como vcs sabem eu acompanho a situação da República Democrática do Congo pq sou voluntárias da ONG que cuida dos gorilas das montanhas desde 2007. Entre altos e baixos em meio a uma guerra civil que por ora tinha tréguas, mas nunca chegava ao fim, os gorilas tiveram algum possibilidade de “respiro”... algumas famílias tiveram bebês e os guardas florestais encontraram uma razão de viver num país tão violento e pobre.

Esse ano a guerra se intensificou. A sede da ONG Gorilla CD passou a receber humanos feridos. Guardas foram mortos. Desespero se instalou por toda parte e adentrou na floresta que abriga os gorilas. Agora a ameaça final que soa quase como um tiro de misericórdia: a principal cidade acaba de ser tomada por rebeldes do grupo M23... um dos mais equipados e violentos, originários de Ruanda.


O que já estava péssimo ficou ainda pior. A cidade foi evacuada. Milhares de pessoas estão sem ter pra onde ir... sem trabalho, sem comida, sem nada. As tropas da ONU, ainda não se sabe por que, ficaram paralisadas diante da invasão. Parece até que torciam pelos rebeldes. Enquanto isso rebeldes saqueiam tudo, comemoram a conquista e o presidente do Congo se prepara pra derrota. 

É um fim anunciado, assistido de forma dolorosa... e talvez acabando com um belo sonho: o de garantir a segurança e preservação de uma das espécies mais ameaçadas do planeta: os grandes, mas frágeis gorilas das montanhas. Não há dúvida que haverá outro massacre como o que levou o país a completo caos nos anos 90. Apesar de economicamente miserável, o Congo tem riquezas difíceis de serem mensuradas. Tem, por exemplo, um elemento fundamental para fazer nossos celulares funcionarem. Tem tb diamantes... Tem gorilas beirando à extinção.

Mas não tem PAZ... 

 
Não há como pensar numa solução para o grupo que protege os gorilas. Isolados numa área cercada por todo tipo de homem armado, do exército e outras milícias, o que os carentes guardas florestais poderão fazer daqui pra frente? Poucas armas, um helicóptero, sem acesso a alimentos... e alguns gorilinhas órfãos totalmente dependente deles na sede da ONG. Não queria dar essa notícia, mas acho que o derradeiro final desse sonho está bem próximo. Ainda haverá gorilas das montanhas em Uganda onde, aliás, até fazem parte de um programa turístico e mais uns poucos em Ruanda. Mas os cerca de 270 que vivem no Congo estão numa sangrenta e insana linha de combate. 

São famílias que se acostumaram com os humanos... que caminhavam para uma união harmoniosa com os humanos. Um tipo de comunicação que poderia gerar conhecimentos inimagináveis. Esses gorilas são fortes, grandes e, no entanto, absolutamente vegetarianos. São inteligentes, tem uma linguagem complexa de sons e um comportamento pacífico que deveria nos servir de exemplo. Eles permitiram a aproximação do homem e agora estão prestes a morrer nas mãos dos humanos.

 
Não sei mais o que dizer... Passei esses anos torcendo pelos ambientalistas locais, pelos guardas florestais... pelos gorilas...
E, pela primeira vez, estou sem qualquer sentimento de esperança...

Fátima ChuEcco

sábado, 10 de novembro de 2012

MOMENTOS MÁGICOS NO MI-AU BOOK

O AMOR DA SUA VIDA IMORTALIZADO EM LIVRO



Essa é a minha gatinha Dianna tentando inocentemente agarrar os pingos de chuva. Momentos como esse podem ser eternizados na terceira edição do MI-AU BOOK cujas inscrições estão abertas pelo email miaubook@hotmail.com O livro é tb conhecido como pet-solidário porque cede páginas para ONGs de proteção animal e uma cota dos exemplares para as mesmas. O próximo MI-AU BOOK, edição histórica, tem diversas seções novas como Cats in the Box, Meu brinquedo preferido, Superação, Bichinhos Especiais e Famous. É um livro completamente independente e viabilizado coletivamente pelos participantes por meio de uma taxa que dá direito a dois exemplares e um CD de fotos exclusivo, que não será vendido nas livrarias. Faça seu bichinho brilhar nas páginas do MI-AU BOOK. Seja pet-solidário! E acesse tb http://mi-aubook.blogspot.com.br

IDEIAS GENIAIS

LINDO DEMAIS E SIMPLES DEMAIS!



Com criatividade até tubos viram vasos magníficos. Essa ideia encantadora, prática e que favorece a reciclagem está na revista Decorar Mais por Menos... que é uma delícia! Tem muitas sugestões de como aproveitar pequenos espaços, móveis usados e muita coisa que a gente só pensa em jogar direto no lixo.As revistas de decoração em geral são muito boas, mas a Decorar está se superando por conta de ideias bacanas como essa... e as fotos são bárbaras também. Tem uma diagramação descontraída e um olhar moderno sobre a decoração. Foge do comum. Experimentem!

PRAIA COM CHARME

AMAMOS BIQUINI RETRÔ



Quem ama praia, normalmente também ama pegar um bronze... com toda aquela proteção fundamental, é claro. E as marcas do biquini não podem ser largas especialmente no quadril, mas esses biquinis estilo retrô são o máximo do charme. Ideais para um final de tarde na praia, um banho de mormaço sob o guarda-sol ou passeio de barco. Também ficam excelentes sob camisas abertas para se ir a um bar ou restaurante beiramar. São muito femininos, charmosos... nos transportam para uma outra época. Eu amo! As fotos são de revistas estrangeiras de moda.


VERÃO COM CHARME



HORA DE FALAR DE VERÃO


E verão vem acompanhado de chinelos cada vez mais lindos e criativos. E que tal um chinelo lindo, de gatinho ou cachorrinho, e que ainda ajuda bichinhos carentes? Parece perfeito demais? Pois essa proposta existe e é assinada pela Paula Guima – uma moça muito talentosa em trabalhos manuais e que ajuda gatinhos abandonados. Aliás, grande parte de sua inspiração vem justamente deles. 


Os chinelos são tão lindos que dá vontade de pendurar na parede ao invés de usar. Coisa pra se admirar! E as estampas são muitas e estão sempre sendo renovadas. Uma graça! Mas a criação de Paula não para por aí. No site http://www.elo7.com.br/paulaguima tem muito mais de bijuterias a porta incensos, chaveiros... vários produtos entre os quais vale destacar as mandalas. Elas são apaixonantes e quem ama gatos vai ficar com água na boca... eu fiquei!!!


A Paula fica no Guarujá (SP), mas envia tudo pelo correio. Algumas peças já estão prontas para venda e outras podem ser encomendadas dependendo do material que ela tiver disponível. Para quem gosta de bibelôs, ela tem tb vários modelos de São Chiquinho (São Francisco de Assis), colares... muita coisa colorida, alegre, bacana. Acho q virei fã da Paula Guima, viu? Vcs tb podem conferir os trabalhos dela pelo seu facebook pessoal. Lá, inclusive, podem conhecer alguns de seus gatinhos de verdade.


sexta-feira, 9 de novembro de 2012

DICA DE LEITURA



Tributo às Fátimas

 
Na revista Meu Pet desse mês tem uma matéria com uma protetora chamada Fátima do Rio Grande do Sul (vide foto). Parece que há Fátimas protegendo animais por todo canto. No Facebook sou com frequência confundida com outras Fátimas porque são muitas as envolvidas com a causa animal. Parece que quem ganha esse nome recebe junto a missão de fazer alguma coisa pelos bichos ou outras criaturas indefesas.


Na mesma revista tem uma matéria sobre animais no ambiente de trabalho – o que pode ser bastante inspirador e motivador. Depende muito da personalidade do bichinho. Do MI-AU BOOK, por exemplo, já participou a Gatinha Skol, de Fortaleza, que ficava na lan house de sua tutora o tempo todo. E vemos por aí outros casos. Em geral são animais de índole mais calma, bastante sociáveis e numa fase da vida em que já não querem correr atrás de tudo que se mexe.



Já na Superinteressante o assunto foi o complexo mecanismo que alguns animais possuem para ouvir, farejar, enxergar, entre outros. O olfato dos cães é um espetáculo e a audição dos gatos inacreditável. Já pegou seu bichano debaixo do tanque secando o cano que, aparentemente, nada tem de interessante? É que ele ouve qualquer inseto que pode estar circulando lá dentro.

O ponto curioso dessa matéria é abordar aquele velho discurso de que “os animais não se reconhecem no espelho e por isso não têm consciência de si mesmos”. Acreditem: era mito – lenda urbana messsmo.  Ocorre que a maneira de “ver” as coisas e de “ver” a si próprio difere de espécie para espécie. Os cães identificam grande parte do que está ao seu redor pelos cheiros e os gatos pelos sons. Assim, como o espelho é silencioso e inodoro, a imagem nele é pouco perceptível para esses animais. E eles até podem se ver lá, mas isso não causa surpresa ou interesse.



Conclusão: cada um vê e sente a seu modo e isso não torna uns menos conscientes que outros. Os grandes primatas, por serem muitos próximos dos humanos (biologicamente falando) já possuem um reconhecimento no espelho imediato e tb interesse na própria imagem. A gorila Koko se maquiava, passava batom, colocava fita no cabelo e tudo isso se baseando pela imagem que via de si mesma no espelho. E ela não é exceção... é regra no mundo dos primatas com relação a isso.
Boa leitura!!!

COMPARTILHE A MENSAGEM DO DIA 9!!!


quinta-feira, 8 de novembro de 2012

ASSISTI E INDICO A SOMBRA DO INIMIGO



Psicopata turbinado protagoniza novo suspense

E pela primeira vez a questão de matar animais antes
 de fazer vítimas humanas é citada num filme do gênero



Vcs se lembram de Matthew Fox interpretando o médico na série Lost? Pois imaginem como seria o oposto daquele bom moço obstinado por salvar vidas. Em A Sombra do Inimigo Matthew interpreta, de forma fabulosa, um psicopata que entende de luta, armas, manipulação de drogas e tecnologia. Ele gosta de luxo e nem de longe o cenário de suas torturas e crimes lembra aqueles porões escuros e úmidos que cansamos de ver em filmes sobre serial killers.

São esses novos elementos que tornam o filme excitante porque ele destoa de outras centenas de produções que têm como personagem central um psicopata no grau mais elevado de crueldade. Aliás, vejam o trailler cujo link postei abaixo desse artigo. Matthew é repleto de músculos, não expressa sentimentos e vai agradar bastante quem gosta de lutas porque ele golpeia com firmeza e rapidez. E confessa ao detetive: a dor me fascina. É então que surge no filme uma citação rara, que apenas quem acompanha o assunto vai captar. O detetive pergunta se ele começou matando bichinho de estimação.

Esse ano a Anda (agencia de noticias focada em direitos animais) publicou uma série de matérias de minha autoria chamada “Matadores de Animais – Assim começa a carreira de um psicopata” e que ainda pode ser acessada no site www.anda.jor.br. Em cinco capítulos a série levantou alguns dos serial killers mais famosos do mundo e ressaltou o estudo do FBI que mostra que 80% deles começa sua trajetória torturando e matando animais. O objetivo da série foi alertar autoridades, polícia e população em geral sobre a grande periculosidade contida num matador de animais e que muitos casos de matança em série ou em massa poderiam ser evitados se esses indivíduos fossem detidos e monitorados.

Em A Sombra do Inimigo podemos ver um psicopata que se aprimorou. Ele não faz o tipo que se esconde num casebre caindo aos pedaços para onde leva suas vítimas e, normalmente, também as enterra (o que é bastante comum em muitos casos). Ele vive bem, tem um bom carro, se veste com primor e transforma sua “vocação” em profissão. E suas estratégias são altamente sofisticadas. Digamos que Matthew é um psicopata “turbinado” para o mal. Um psicopata que ganhou um belo up grade.



O filme é baseado na obra de James Patterson que vendeu em sua carreira mais de 260 milhões de livros publicados em mais de 100 países. Em 2010, Patterson chegou a vender mais livros que John Grisham, Dan Brown, Tom Clancy e Stephen King juntos. Ao todo, foram 70 livros na lista dos mais vendidos do New York Times, dos quais 41 atingiram o primeiro lugar. No Brasil, desde que começou a ser publicado pela Editora Arqueiro, em meados de 2011, Patterson já ultrapassou a marca de 100 mil livros vendidos.

Seu personagem de maior sucesso é o detetive Alex Cross. Depois de ser vivido pelo veterano Morgan Freeman em “Na Teia da Aranha” e “Beijos que Matam”, agora ele passa a ser interpretado por Tyler Perry que também demonstra talento e tem um tipo físico que combina bastante com o personagem. A trama é assinada pelo diretor Rob Cohen, de “Velozes e Furiosos” e estreia em 7 de dezembro. Mas aqui estão alguns trechos: 



DIA MUNDIAL DO GUARDA FLORESTAL. Vamos cumprimentar os heróis que protegem os gorilas

Na foto estão as gorilas Ndakazi e Ndeze - sim elas ficam de pé como pessoas - e alguns dos guardas florestais da República Democrátic...