quinta-feira, 30 de julho de 2020

"EU ME MORDO DE CIÚME". Se seu bichinho é assim é bom ler essa matéria



O popular refrão “Eu me mordo de ciúme", de uma música da banda dos Anos 80 “Ultraje a Rigor”, se encaixa com perfeição nesse cenário em que o cãozinho ou gatinho se vê obrigado a aceitar a presença de um novo animal na casa. O ciúme pode também surgir quando há o nascimento de um bebê ou visitas frequentes de um namorado(a) da(o) dona(o) da casa.  E esses são apenas alguns exemplos. Alguns animais extravasam seu ciúme destruindo almofadas, sapatos, chinelos, vasilhas de comida e qualquer outra coisa mastigável.
Tanto cães quanto gatos podem começar a fazer xixi pela casa numa tentativa de sinalizarem o território que, até então, era só deles. Se eram tratados como “filhos únicos” pior ainda. E dependendo da intensidade do ciúme e da sua dificuldade de lidar com isso, o animal pode começar a ter problemas de pele, má digestão, diarreia e até ficar agressivo. Saiba como lidar com isso acessando a matéria completa AQUI
Fátima ChuEcco
Jornalista/Escritora
www.miaubookecia.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DIA MUNDIAL DO GUARDA FLORESTAL. Vamos cumprimentar os heróis que protegem os gorilas

Na foto estão as gorilas Ndakazi e Ndeze - sim elas ficam de pé como pessoas - e alguns dos guardas florestais da República Democrátic...