segunda-feira, 8 de julho de 2019

Cadelinha salva a companheira da morte



Elo de amor une duas cachorrinhas abandonadas juntas em SP

Essa é uma história que aquece, mas também corta o coração. Duas cachorrinhas foram abandonadas juntas na região de Pirituba (SP) há 15 dias. Na fria e chuvosa noite de sábado, 6 de julho, a cadelinha Mel salvou sua companheirinha Bella, que já estava desfalecida dentro de um matagal, numa incrível história que detalho melhor abaixo.

O resgate
As duas cachorrinhas foram abandonadas numa estrada cercada de mato. A protetora de animais Doroti Botoni, da ONG Amanimais, que reside perto do local, passou a alimentá-las: “Percebi que a menor, pretinha, não enxergava direito, então a maior, amarela, era guia dela. Eu pretendia resgatá-las, mas estavam assustadas e não me deixavam chegar perto”.

Na quarta, dia 3, Doroti e a filha estavam dispostas a mais uma tentativa de resgate mesmo porque, a previsão era de tempo muito frio e chuvoso, mas só encontraram a cadelinha amarela que batizaram de Mel. Procuraram pela outra nos dias seguintes, mas não foi possível achá-la.

No sábado, 6, diferente de outros dias, Mel permitiu uma aproximação. “Passamos a tarde tentando achar a cadelinha preta. Quando já tínhamos desistido e até colocado uma roupinha na Mel para irmos embora, aconteceu uma coisa incrível. Ela correu para o mato e começou a latir.  Vinha até o carro e depois corria para o mato de novo latindo. Fez isso várias vezes até que minha filha resolveu ir atrás dela”.

Mel levou as duas até Bella que já estava toda molhada num buraco raso no meio do mato. Estava com os dois olhos infeccionados e batia os dentes de frio. “Mel sentou do lado da Bella como que pedindo ajuda. Ficamos muito emocionadas com a atitude dela. Minha filha chorava sem parar. Mel só nos levou até a Bella porque confiou na gente. Primeiro se certificou que queríamos o bem dela, nos deixou colocar roupinha e só depois nos levou até a outra cadelinha”, relata a protetora.

No vídeo abaixo é possível ver o momento do resgate de Bella, acompanhado minuto a minuto pela fiel companheira Mel. Clique no link

https://www.facebook.com/watch/?v=2328523230575190


A dolorosa separação
As duas foram levadas para uma clínica. Mel recebeu alta, mas Bella continua internada porque chegou muito debilitada. Como Doroti já cuida de 200 gatinhos que em parte vivem em sua casa e em parte em lares temporários, colocou Mel num hotelzinho. Mel se esforçou muito para salvar Bella e ficou visível que uma depende da outra. Bella precisa ter Mel junto dela para superar tamanho trauma e Mel precisa estar junto de Bella para ficar com o coração mais tranquilo e ter forças para continuar vivendo. A separação pode ser uma tragédia na vida de ambas.


APELO:
As duas cadelinhas precisam de uma adoção conjunta. Doroti já tem vários  animais com problemas de saúde, de locomoção e está sem qualquer espaço para abrigar Mel e Bella. Sua situação está muito crítica e por isso ela pede que alguém adote as duas juntas.

“A veterinária estima que Mel tenha três anos e Bella cinco. Como as duas foram abandonadas juntas calculo que viviam no mesmo lugar antes de serem covardemente descartadas. Não tenho a menor condição de ficar com elas e então peço que alguém de bom coração as adote. Elas são mansas e o amor que Mel demonstrou pela Bella prova que as duas merecem continuar juntas”. Quem puder ajudar Doroti ou quiser adotar Mel e Bella pode entrar em contato pelo whats 11-99563-7761.


ESTRANHAS MANIAS FELINAS

“Daqui não saio, daqui ninguém me tira”. A frase, que é muito popular no Brasil, se encaixa direitinho em algumas situações protago...