quinta-feira, 30 de novembro de 2023

Passeata pelos animais no domingo dia 3, às 10h, na Av Paulista. Compareça!

Convocação para protetores independentes, amantes e tutores de animais, e adeptos ou simpatizantes da causa animal em geral: compareçam ao Masp da Av Paulista (SP) no próximo domingo, dia 3 de dezembro, às 10h, vestindo uma camiseta com referência à causa animal ou com cartazes pedindo que políticos, prefeitura e governo dêem assistência aos protetores (as) independentes que tanto sofrem para salvar inúmeros cães e gatos.

A passeata, idealizada pelas protetoras Terezinha Silva de Almeida e Maria Leal de Oliveira, visa jogar uma luz sobre as dificuldades enfrentadas por pessoas que, ao resgatar, castrar, cuidar e hospedar animais acabam se envolvendo em altas dívidas e muitas vezes ficam sem ração e até mesmo sem alimento para elas próprias. 


"Nós, protetoras independentes, temos muitas dificuldades. Eu, por exemplo, tenho vários animais resgatados com doenças graves que precisam de tratamentos caros que não consigo pagar. Os políticos, as autoridades do município e do Estado precisam nos ajudar. É uma emergência", diz Maria Leal.


A situação é crítica e essas pessoas precisam urgente do apoio de orgãos municipais e estaduais, afinal, a obrigação em zelar por esses cães e gatos abandonados nas ruas é, antes de tudo, obrigação do governo.

Vale lembrar que para conseguir leis e recursos que ajudem a amenizar essa triste situação é preciso que as pessoas se unam e busquem visibilidade. Por isso, se você ama os animais, ajude a engrossar a passeata. Leve seu cãozinho! Leve cartazes! E depois aproveite para passear por ali mesmo.

ATENÇÃO:

Para ajudar a protetora Maria Leal financeiramente, com ração, medicamentos ou outras doações acesse o zap dela 11 96163-0605


Texto: Fátima ChuEcco jornalista e escritora atuante na causa animal


quarta-feira, 29 de novembro de 2023

Passeata do Movimento Animal domingo, dia 3, na Av Paulista. Compareça!!!


Convocação para protetores independentes, amantes e tutores de animais, e adeptos ou simpatizantes da causa animal em geral: compareçam ao Masp da Av Paulista (SP) no próximo domingo, dia 3 de dezembro, às 10h, vestindo uma camiseta com referência à causa animal ou com cartazes pedindo que políticos, prefeitura e governo dêem assistência aos protetores (as) independentes que tanto sofrem para salvar inúmeros cães e gatos.

A passeata, idealizada pelas protetoras Terezinha Silva de Almeida e Maria Leal de Oliveira, visa jogar uma luz sobre as dificuldades enfrentadas por pessoas que, ao resgatar, castrar, cuidar e hospedar animais acabam se envolvendo em altas dívidas e muitas vezes ficam sem ração e até mesmo sem alimento para elas próprias. 


A situação é grave e essas pessoas precisam urgente de ajuda de orgãos municipais e estaduais, afinal, a obrigação em zelar por esses cães e gatos abandonados nas ruas é, antes de tudo, obrigação do governo.

"Assim como eu e a Dona Maria, muitas protetoras cuidam dos animais com dinheiro do próprio bolso. A situação de muitas dessas protetoras é dramática. Os LTs ou lares temporários são caros e muitas vezes a gente socorre um animal, paga veterinário, mas não tem onde colocá-lo depois de tratado. O governo precisa nos ajudar. A passeata é para chamar a atenção para esse problema, por isso é muito importante que o máximo de pessoas compareçam", explica Terezinha (foto).


A protetora diz também que arrecada roupas e calçados usados para bazar, objetos para rifas e até cestas básicas porque tem muita protetora independente que ela ajuda passando fome.

Vale lembrar que para conseguir leis e recursos que ajudem a amenizar essa triste situação é preciso que as pessoas se unam e busquem visibilidade. Por isso, se você ama os animais, ajude a engrossar a passeata. Leve seu cãozinho! E depois aproveite para passear por ali mesmo.


ATENÇÃO:

E se puder ajudar a Terezinha com doações, financeiramente (nem que seja com um pouquinho) ou adotando animais (ela tem 3 gatinhos em LT), acesse o zap dela 11 97147-0329. 


Texto: Fátima ChuEcco jornalista e escritora atuante na causa animal


domingo, 19 de novembro de 2023

A mulher que passa dos 50/60 vira cinzas mesmo ainda estando viva. Dá pra mudar isso?


Merece um prêmio a atual campanha da Renner que motiva mulheres que já passaram dos 50, 60 e 70 anos a terem coragem de recomeçar. A personagem do vídeo "Liberdade Feminina", com 71 anos, passa pelas várias etapas da vida e supera o medo e a vergonha para recuperar sua essência e trazê-la à tona.

O texto diz: "Quando a idade chega você se pergunta se ainda é capaz, se sua melhor versão realmente ficou no passado e se é loucura demais pensar num recomeço".

Certamente esse trecho cai como uma luva na vida de muitas mulheres que envelheceram e sentiram uma rejeição praticamente generalizada na sociedade, no mercado de trabalho e no campo amoroso. Vejam a campanha:


Não tem como negar que muitas portas (talvez a maioria delas) se fecham, especialmente nos empregos formais, diante dessa mulher por mais que ela seja inteligente, criativa e esforçada. As exceções ficam para aquelas que trabalham com a família, que estão em cargos públicos vitalícios ou que há muitos anos trabalham num mesmo lugar e aguardam a aposentadoria com certa tranquilidade.

Mas como estão sobrevivendo as mulheres que não se aposentaram ainda e que precisam trabalhar para sobreviver?

Claro que a Campanha da Renner está focada na autoestima, mas é bem difícil manter o entusiasmo quando não se é sequer chamada para entrevistas de emprego mesmo tendo todos os quesitos necessários. E isso não é nenhum enigma. Basta olhar sua identidade para encontrar a razão de você ter se tornado invisível no mercado de trabalho. Tudo de melhor que essa mulher já fez na trajetória profissional  dela vira fumaça.

Sem falar que essa mulher é vista como uma pessoa na menopausa que não se enquadrará no ritmo das empresas e que em breve irá se aposentar por tempo de serviço ou idade. Para grande parte dos empregadores essa mulher está na idade de cuidar dos netinhos ou de seus bichinhos. O lado produtivo dela é descartado em função da sua  idade (preconceito chamado de etarismo).

E embora seja proibido negar emprego a pessoas com mais de 50 anos, essa rejeição é real, embora se mantenha "velada". Quantas empresas possuem funcionárias perto dos 60 ou 70 anos? E das que possuem, quantas delas fazem parte da equipe? Talvez uma entre 20 ou 30 funcionários?

E isso nada tem a ver com pessimismo, falta de confiança, negativismo. Você não coloca o Brasil dentro de SP. Da mesma forma não coloca milhões de mulheres com mais de 50 anos para trabalhar em meia de dúzia de empresas que contratam pessoas nessa faixa etária.

Mas adianta lamentar? Adianta  se fechar como uma concha diante de uma sociedade preconceituosa? Adianta se deprimir diante de um sistema de aposentadoria que obriga essas mulheres a trabalharem até os 62 anos embora desde os 50 elas já comecem a ser descartadas?

A campanha da Renner procura fazer com que essa mulher erga a cabeça e não se anule diante de um cenário que a exclui. Procura dizer a essa mulher para criar novos caminhos tendo como base quem ela "é" e não quem ela "foi" porque nossa essência continua dentro de nós intacta em qualquer fase da vida.

Essa propaganda da Renner me faz lembrar muito da Brigitte Bardot, que à medida que foi envelhecendo, foi também deixando de ser respeitada apesar de toda fama que conquistou na juventude enquanto era uma das atrizes mais belas do mundo.


Bardot se tornou uma ativista em defesa dos animais. Injetou toda sua fortuna em santuários animais, mas passou a ser vista pela sociedade apenas como mais uma "senhora de idade" salvando bichos.

Nunca esqueço de uma ocasião em que ela tentou falar pessoalmente com o primeiro ministro do Canadá sobre a matança de focas e ele mandou dizer que não iria recebê-la. Ela na porta da sede do governo e o ministro, lá dentro, se recusando a falar com ela.

Nunca esqueci dessa cena que consta de um documentário.  A Bardot atriz, respeitada, talentosa, famosa... tinha virado cinzas. Mas ela nunca desistiu e continua até hoje extremamente ativa na causa animal.

Sugestão para a Renner e outras empresas

Já que a Renner teve a maravilhosa iniciativa de trazer à tona esse mundo nem sempre confortável da mulher que passa dos 50, 60, 70 e 80... fica uma sugestão: Renner contrate mais mulheres maduras. Quantas existem em seu quadro de funcionários? Valorize a mulher experiente!

E você, que se identifica com o que foi dito nesse artigo, deixe um comentário ou escreva uma mensagem no instagram da Renner clicando AQUI ou https://www.instagram.com/lojasrenner/

SE VOCÊ SE IDENTIFICOU COM ESSE ARTIGO LEIA TAMBÉM

"Se o mercado de trabalho despreza sua bagagem, faça você mesma bom uso dela" acessando AQUI

Trechos do artigo:

Você já chegou à casa dos 50 e sentiu que, por causa da idade, não foi chamada para uma entrevista de emprego que tinha "a sua cara"? Nesse caso é possível que tenha sido vítima do "Etarismo" ou preconceito pela idade ou faixa etária.  

Qual a solução?

Se o mercado de trabalho não valoriza sua bagagem faça vc mesmo bom uso dela

A solução, curiosamente, não é a "entrada", mas a "saída" do mercado de trabalho para não depender de "emprego", principalmente se a pessoa ainda não pode se aposentar e precisa ter renda própria para sobreviver. 

Navegar contra a corrente é desgastante, gera baixa autoestima e esse sentimento de impotência no mercado de trabalho se junta ao tratamento preconceituoso que a pessoa também já enfrenta no seu dia a dia, no lugar onde vive e nos lugares que frequenta.

Leia na íntegra acessando AQUI

Texto: Fátima ChuEcco jornalista e escritora

sábado, 18 de novembro de 2023

DICA Valiosa para quem está com o gatinho perdido

ALERTA importantíssimo para quem está com o gatinho perdido. Tem que olhar todas as postagens de gatos encontrados no período em que você perdeu o seu nos GRUPOS de animais perdidos. Não basta postar a perda do seu gato, você tem também que CHECAR os demais posts para ver se alguém o encontrou. Os tutores vão automaticamente postando o gato perdido e sequer olham outras postagens onde esse mesmo gato pode ter sido encontrado.

Muitos posts mostram gatinhos que estão vagando perdidos por ruas, telhados, quintais, condomínios e um deles pode ser o seu! Tem post de gente que encontrou um gato no motor do carro ou preso dentro de alguma garagem, comércio etc. Tem que olhar outros posts e não somente postar o seu! Se todo mundo fizer isso muito mais gatinhos voltarão para seus lares!

No facebook, no local destinado à pesquisa, digite palavras-chaves como: animais perdidos, gatos perdidos, cachorros e gatos perdidos, gatos encontrados e também dê uma checada em grupos de animais para adoção porque alguém pode ter resgatado seu bichinho e, não podendo ficar com ele, anunciou num desses grupos de doação de animais. Por favor, atente para essa dica valiosa. Já vi vários casos de pessoas que encontraram o gato graças a algum post que mostrava um gato resgatado.

ALERTA para quem resgatou um gato: não se convença precipitadamente que o gato foi abandonado. Ele pode estar perdido e, inclusive, ser de alguma casa bem perto da sua. Coloque post dele em grupos de animais perdidos e cole cartazes na vizinhança avisando que achou um gato.

Texto: Fátima ChuEcco, jornalista, escritora, administradora do grupo do Facebook Gatos Perdidos e Encontrados Brasil, consultora da @buscacats e fundadora da editora www.miaubookecia.com

sábado, 4 de novembro de 2023

Projeto Celebridade Pet ajuda animais de abrigos cariocas com encantadoras fotos


Uma imagem vale mais que mil palavras. Todo mundo já ouviu isso. E foi com o propósito de cativar as pessoas por meio de imagens que o jornalista e fotógrafo Jayme Rocha criou o Projeto Celebridade Pet há 8 anos no Rio de Janeiro.

Assim, centenas de animais de abrigos cariocas já passaram por suas lentes em poses criadas propositalmente para encantar possíveis adotantes. A lista é grande

ACCG - Associação Casa do Cão e Gato - Niterói Acesse AQUI


Peludos de Rua - Maricá Acesse AQUI





                                                         Fazenda Modelo RJ Acesse AQUI



                                                          MUDEAdote Acesse AQUI



Ampar RJ Acesse AQUI


E também: Associação 4 Patinhas, Pêlo Próximo, Abrigo dos Amigos, Adoráveis Vira-Latas e Projeto Aconchego Animal (clicando em cada ONG você vai direto para a página dela no instagram)

Muitas outras fotos maravilhosas podem ser conferidas no site do Projeto Celebridade Pet  acessando AQUI ou instagram celebridade_pet


Jayme comenta a razão desse trabalho voluntário que já ajudou na adoção de mais de 700 animais: 

"O papel do fotógrafo é importante porque tem animais sem condições de participar, por exemplo, de feiras de adoção. Eu monto um estúdio nos abrigos e também faço fotos de animais de colônias como é o caso do Gatos do Campo de Santana".


Segundo o fotógrafo, o uso de acessórios nos animais ajuda a dar uma certa graça nos "modelos":

"Muitos anos atrás eu tinha comprado acessórios com a intenção de fazer fotos de bebês, mas acabei desistindo da ideia e transferi para os animais carentes. Costumo dizer que  o animal que vira uma Celebridade Pet pode dizer algo assim: Se fui pobre um dia nem me lembro mais".

Ele conta também que, certa ocasião, viu um garotinho se encantar com a foto de um cachorrinho com chapéu de aviador, o que despertou na criança a vontade de adotar um bichinho de abrigo.


Outra ação que deu excelente resultado foi suas fotos de vira-latas irem parar nas TVs instaladas dentro de ônibus urbanos. Ele conta que muitos animais puderam ser adotados na ocasião.

Jayme tem três filhos de quatro patas: a cadelinha Estrela e os gatos Bento e Joaquim. Ele faz ainda belíssimos books particulares e esse trabalho está em seu site que pode ser acessando clicando AQUI e instagram jaymerochafotografiapet

Vitrine

O Projeto Celebridade Pet tem sido tema de exposições em espaços públicos como shoppings, atingindo e emocionando ainda mais pessoas. No dia 26 de agosto, 40 de suas fotos estarão numa exposição do 6º Festival Canino da Baixada, no Top Shopping Nova Iguaçu. Vale muito conferir e, claro, adotar.

Selecionei umas Barbies para adoção. Montagem 1 com ladies da Associação Casa do Cão e Gato e Montagem 2 com garotas da ONG MUDEAdote:



Pesquisa, entrevista e texto: Fátima Chu🌎Ecco, jornalista e escritora, consultora da @BuscaCats  😻e fundadora da Editora www.miaubookecia.com 🐶🐱




Mirelle é uma das modelos "especiais" do Projeto Amigos (Im) Perfeitos de Portugal. Conheça sua história!

 


Conhecendo melhor o Projeto Amigos (Im) Perfeitos do fotógrafo português Carlos Filipe Assunção me deparei com a foto da Mirelle e me emocionei com o texto da ONG Animal Rescue Algarve - ARA que a abrigou e onde ela espera por adoção. Muito lindo! Vejam:

"Hoje ergo a cabeça porque a tempestade passou...já não existem nuvens e incertezas... já não existem riscos de não sobreviver, medos de não abrirmos os olhos para mais um dia... agora existe calma... existem feridas cicatrizadas, uma nova vida pela frente e a certeza que a vida só pode melhorar a partir daqui... mas antes vos peço: Não procurem culpados...
Não foi o homem que me roubou a vista com os seus maus-tratos... não foi a crueldade que me cegou... foi a vida que me roubou a saúde enquanto, à noite, dormia para sobreviver mais um dia... foi a vida que me tirou a vista ao fazer-me ficar doente... foi o infortúnio... não foi um ser humano... não foi nenhuma maldade por sadismo... foi a vida... a doença roubou-me a vista... a noite tornou-me fraca... os dias tornaram-se mais escuros... e foi o homem que me salvou. Foi o homem que me vigiou a mim... às minhas irmãs... à minha colónia... foi o homem que nos levou, nos tratou, nos cuidou e curou... Não existem culpados na minha história... existem heróis... não existem intenções maldosas... existem infortúnios... não existem vítimas de maus-tratos... existiu azar quando adoecemos... existiu sorte quando nos cruzámos com os humanos... a quem agradeço. Agradecemos. Eu e as minhas irmãs... A Coriza roubou-nos uma das nossas janelas para ver o mundo... mas continua lindo com apenas um olho... porque o que conhecemos dele até agora é fantástico... o que virá a seguir só pode ser melhor. A primeira lição já aprendemos: Sobreviver e agradecer... o resto só o mundo nos poderá mostrar... Deram-me o nome de Mirelle... e um coração com espaço para receber tudo o que virá desta nova aventura a que vocês chamam vida".

Conheça o trabalho da Animal Rescue Algarve - ARA acessando o instagram  da ONG AQUI ou o site animalrescuealgarve.com

Conheça o Projeto Amigos (Im) Perfeitos acessando a matéria neste blog que tem muitas fotos e vídeo. Veja AQUI

Pesquisa e Texto: Fátima Chu🌎Ecco, jornalista e escritora, consultora da @buscacats 😻e fundadora da editora www.miaubookecia.com 🐶🐱

Instagram https://www.instagram.com/fatimachuecco/

quarta-feira, 1 de novembro de 2023

A Medicina do Futuro explorará profundamente o poder curativo das cores


 Assista ao vídeo e mergulhe no mundo das cores que é o mesmo universo celular que nos rodeia e que se encontra dentro de nós. Todo mundo já deve ter visto filmes de ficção científica onde bastões com luzes coloridas são usadas para cicatrização de feridas e tratamentos médicos. A Cromoterapia 💙💚💛💜é muito antiga e se ramificou em diversos métodos para atuar nos campos físico, emocional e espiritual de forma bastante sutil e eficaz.

No entanto, o potencial da Cromoterapia 💥talvez ainda esteja longe de ser totalmente explorado pela Ciência. Quem sabe, num futuro próximo, surjam equipamentos que introduzam luzes coloridas dentro das pessoas a fim de atuar profundamente nos orgãos que carecem de reparos. Mas enquanto isso não acontece, a gente pode fechar os olhos e deixar as cores nos envolverem, sem forçar nada... apenas deixar que elas se formem em nossa mente e se esparramem delicadamente pelo nosso corpo.

Outra forma é usar essa terapia de olhos bem abertos, absorvendo a vibração das cores de belíssimas fotos da natureza. Para tanto essa é minha pequena contribuição para alegrar os olhos e o coração 💓

Vídeo e texto Fátima ChuEcco, jornalista e escritora


Entrevista Internacional: Conheça J`accuse, o cãopanheiro de Lupin (Série Netflix)

Quem acompanha a série "Lupin" da Netflix já deve ter se encantado com o cachorrinho adotado pelo personagem Assane Diop, interpr...