quarta-feira, 17 de janeiro de 2024

Os gatos são muito expressivos e até Darwin notou isso


"Os gatos usam muito a voz como meio de expressão e emitem, sob várias circunstâncias e emoções, pelo menos seis ou sete sons diferentes. Um dos mais curiosos é o ronronar de satisfação produzido tanto durante a inspiração quanto a expiração. O puma, a chita e a jaguatirica também ronronam"


O trecho acima é do livro "A expressão das emoções no homem e nos animais", escrito por Charles Darwin em 1872 ou quase 150 anos atrás.

Ele demonstra, pelo método de observação, desenhos, fotografias e relatos de colaboradores, que os animais têm emoções como alegria, medo, raiva e ciúme, manifestadas por meio das expressões faciais e corporais, além de sons e uma comunicação própria.  


Darwin defende que algumas de nossas expressões são herdadas de antepassados primitivos, comum tanto aos homens quanto aos outros animais. Diz ainda que muitas de nossas expressões são inatas e não aprendidas já que se repetem em pessoas das mais variadas culturas.

"Um exemplo clássico é ainda hoje o homem mostrar seus dentes caninos quando está enfurecido, da mesma forma que o fazem macacos, cães  e outros bichos, apesar de não se servir disso para brigar"

Vejam isso:

"Ações de todos os tipos, acompanhando regularmente algum estado de espírito, são de pronto reconhecidas como expressivas. Podem consistir de movimento de qualquer parte do corpo, como o abano da cauda de um cão, o encolhimento dos ombros de um homem, o eriçamento de pelos de um gato, a exsudação de suor, o estado da circulação capilar, a respiração forçada e o uso de sons vocais ou produzidos por algum instrumento. Até os insetos exprimem raiva, terror, ciúme e amor com sua estridulação".




Darwin fala da expressão canina:

"Alguns cães demonstram um estado de espírito de prazer e excitação, associado à afeição, de uma maneira bastante peculiar: mostrando os dentes, como num sorriso".


E  destaca, é claro, chimpanzés e orangotangos que, notoriamente, são os mais expressivos dentre todos os seres vivos, assim como os humanos.

"Se fazemos cócegas num chimpanzé jovem - e as axilas são particularmente sensíveis às cócegas como nas nossas crianças - um som mais nítido de carcarejo ou risada é produzido", comenta no mesmo livro.

"Macacos também tremem de medo e, às vezes, soltam suas excreções. Pude ver um macaco quase desmaiar de tanto terror quando capturado. A expressão de um macaco quando provocado ou afagado por seu tratador é quase tão expressiva quanto a dos humanos".


Darwin morreu em 1882 aos 72 anos e seu legado ainda hoje divide opiniões. Uns acham que seu longo e complexo estudo do comportamento animal tinha a intenção de provar que os animais sentem e sofrem como nós e, portanto, não poderiam ser explorados pelo homem como objetos inanimados.

Outros acreditam que os estudos de Darwin serviram para endossar os horrores que a medicina e a ciência já faziam com os animais desde aquela época sob o argumento de que, sendo muito parecidos conosco também seriam os melhores modelos para se explorar como cobaias.

Mas nesse artigo quero concentrar o foco nos expressivos gatos com uma pequena amostra do fabuloso trabalho do fotógrafo Michael Hans cuja página no facebook pode ser acessada AQUI e cujas imagens ilustram também o texto acima







Fotos: Michael Hans
Pesquisa e Texto: Fátima ChuEcco Jornalista/Escritora apaixonada por gatos e por todos os animais...e sempre em busca de gente sensível e talentosa
Acesse meu site www.miaubookecia.com



segunda-feira, 15 de janeiro de 2024

Novela "Elas por Elas" merece prêmio por tratar tão fielmente da causa animal!


A cena de um abrigo de animais pegando fogo, que foi ao ar nesta terça-feira, dia 9, na novela "Elas por Elas", merece um prêmio. Foi de grande impacto. Aliás, desde os seus primeiros capítulos essa novela vem tratando de assuntos pertinentes à causa animal de forma fiel e respeitosa. Logo na primeira semana houve o resgate de beagles que seriam usados como cobaias.

Nunca outra novela tratou desse tema com tanto capricho, dedicando capítulos inteiros a questões como maus-tratos, abandono, criadouros ilegais, denúncias maldosas de vizinhos e vivissecção. Também fala-se de adoção e castração.

Foi ainda uma inteligente escolha colocar uma atriz jovem e belíssima como Rayssa Bratillieri no papel de protetora de animais quebrando a imagem que grande parte da sociedade sustenta desses ativistas, ou seja, que são pessoas idosas e acumuladoras de bichos.

Mesmo quem não tem o hábito de ver novelas, mas ama animais ou atua na causa animal, está gostando do roteiro de "Elas por Elas" ou ainda vai gostar se começar a acompanhar a trama agora. Parabéns a quem está trabalhando com tanto carinho esse tema na novela... toda a equipe envolvida nisso.

E para quem deseja ver um filme maravilhoso que também retrata uma protetora de animais, a dica é "Limites", que está entre os lançamentos da Netflix. Cada segundo desse filme vale a pena e não tem nada de trágico nele. É uma delícia de filme com um plus: o lendário Peter Fonda faz uma ponta.

Veja o trailer acessando a matéria completa AQUI

Texto Fátima ChuEcco, jornalista e escritora

Foto divulgação

domingo, 14 de janeiro de 2024

Turismo Social do Sesc Paulista: perceba a cidade de forma diferente!

 


As atividades de Turismo Social do Sesc da Av Paulista são geniais e gratuitas. Como são poucas as vagas em cada passeio tem que ser ágil para conseguir um ingresso, mas vale cada minuto. Participei do "Artes, Registros e Memórias na Avenida" que nos leva para um passeio, sob um olhar diferente, por ícones da Av Paulista como a Casa das Rosas, o Masp e o Parque Trianon.

Os participantes ganham um caderno de anotações para funcionar como um diário de bordo, cheio de ilustrações de imóveis antigos e atuais da Avenida Paulista confeccionado pela Melissa Rudalov que vai explicando a história dos locais no trajeto. Junta-se a ela a guia de turismo Priscila Lopes que também vai dando ao grupo inúmeras informações sobre cada local visitado.


A Melissa desenvolveu a parte artística e de sensações. A Priscila desenvolveu a pesquisa histórica e contextual. Mesmo para mim, que frequento a Paulista desde a adolescência, o passeio não foi nada óbvio. Na verdade tive a oportunidade de olhar para aqueles mesmos locais que conheço há décadas de forma diferente, com um punhado de conhecimento que facilitou um novo olhar.

O grupo tinha gente de todas as idades, casais e muita gente "solo"... uma delícia!

Junto com o passeio houve ainda uma abordagem mais intimista que começou logo no início da atividade com a segunda pergunta:

"Que lugar habita dentro de você?"

Pare pra pensar. Que lugar tem nas suas mais doces memórias ou que lugar, de alguma maneira, parece fazer parte de suas próprias entranhas?

Respondi que o lugar que habita em mim é Parque da Independência porque além de nascer e viver no Ipiranga, no parque tem tudo que amo: história, natureza, pássaros e uma antiga colônia de gatos muito bem cuidados.


A minha resposta foi também uma sugestão para que o Sesc crie um passeio pelo histórico bairro do Ipiranga. Não são apenas o Museu do Ipiranga e o Parque Independência (aliás colados no SESC). Mas um passeio que inclua os pelo menos cinco casarões (bem na esquina do SESC tem uma mansão) da região e o antigo/simpático Museu dos Bichos (tem até dinossauro encontrado no Brasil).

O Sesc Paulista tem outros circuitos a pé como "Patrimônios da Memória: Histórias de Mulheres e da Cidade" e "A Paisagem como Fato Social: Patrimônio, Direito e Memória". Todos com acessibilidade em Libras.

Texto Fátima ChuEcco jornalista e escritora

Fotos: Priscila Lopes e Rita Martins 

quarta-feira, 10 de janeiro de 2024

Projeto "Os 6 Gatinhos" chega para encantar e educar crianças na primeira infância


 
Animação, música e respeito aos animais. É essa a proposta do projeto audiovisual infantil "Os 6 Gatinhos" que acaba de ser lançado por um grupo de amigos "gateiros". Aliás, todos os seis gatinhos protagonistas são inspirados em gatos de verdade que foram resgatados e adotados. 

 A ideia partiu da jornalista e pedagoga Flávia Girardi:

"Um belo dia, ouvi minha filha (de 6 anos) inventar para nossa gata, Frida, uma história sobre cuidados com a natureza em forma de canção e pensei, que bela forma de falar de assuntos importantes com as crianças! Através da música. Apenas invertendo os papéis: seriam os Gatinhos que iriam conduzir as canções. 

Levei a ideia para um grupo de amigos, educadores, músicos e empresários e, assim, nasceu esta história e as músicas que abrem a primeira temporada. Nossas canções são autorais e falam sobre sustentabilidade, inclusão, amizade, amor e respeito pela vida.

Todos os personagens que inspiraram o projeto são reais e nos ensinam muito a cada dia. Espero que gostem deles tanto quanto a gente".


O projeto ganhou corpo com 
 Nayara Rodrigues (música e professora), Johnny Valério (ator e pedagogo) e Neusa Lopes (administrativo).

A abertura da 1ª Temporada, intitulada "Eu Sou a Diferença", é marcada pelo lançamento do clipe "Amigo é" que pode ser visto abaixo:


DIVERSIDADE, INCLUSÃO E ADOÇÃO: “AMIGO É” 

"Amigo é" destaca a importância da diversidade e inclusão, mostrando como as diferenças entre nós são fundamentais para o aprendizado mútuo. Os seis personagens, Frida, Maria Olga, Micaela, José Vicente, Carlos e Bruno são gatinhos resgatados das ruas e adotados, baseados em histórias reais. Cada personagem não só personifica as características físicas e comportamentais de gatos reais, mas também simboliza a beleza da diversidade, representando diferentes origens e personalidades.

Frida, a aventureira e sociável, Maria Olga, a tímida e delicada, Micaela, a curiosa e atrapalhada, José Vicente, o acolhedor e tranquilo, Carlos, o impetuoso e corajoso e Bruno, o esperto e ágil. Cada gatinho traz consigo uma narrativa única, inspirada em suas experiências reais de resgate das ruas e subsequente adoção.


"Ao basear os personagens em histórias reais de adoção, "Os 6 Gatinhos" transmitem uma mensagem de amor e compaixão pelos animais. O projeto busca desfazer estereótipos prejudiciais sobre gatos, desmistificando a ideia de que são "vilões das histórias". Ao contrário, os gatinhos são apresentados como seres amorosos, capazes de ensinar, inspirar e trazer alegria ao público infantil", explica Flávia.

Mergulhem as crianças nesse adorável universo felino acessando o site www.os6gatinhos.com.br ou o instagram https://www.instagram.com/os6gatinhosoficial/

Fátima ChuEcco jornalista e escritora

terça-feira, 9 de janeiro de 2024

TALVEZ Coreia do Sul proíba carne de cachorro a partir de 2027. Até lá milhões serão torturados!


A Coreia do Sul talvez... apenas "talvez" proíba a criação de cachorros para consumo a partir de 2027... daqui três anos. O projeto de lei tem muitos adeptos, mas também muita gente contra e atenção: a Lei ainda não foi aprovada (projeto de lei não é lei). Além disso, vale lembrar que nesses três anos até 2027 milhões de cães (e gatos) serão mantidos em gaiolas onde mal podem se mexer, numa vida miserável e dolorosa até que sejam mortos das formas mais pavorosas. Repito: milhões.

Existem mais de 2 mil matadouros  na Coreia do Sul onde milhares de cães aguardam para serem consumidos. Dizem que são apenas as gerações mais antigas que ainda comem cachorro e gato, mas então quem sustenta os mais de 1500 restaurantes que servem carne de cachorro no país? Será que é uma maioria que realmente quer acabar com essa brutal prática?

Acompanho o trabalho de alguns grupos de ativistas que lutam por essa causa. Eles estão nas Coreias, China, Vietnã, entre outras regiões do planeta. Arriscam a própria vida para salvar cães e gatos. Sem dúvida existe uma nova geração de asiáticos fazendo de tudo para mudar essa realidade, mas pelo número de restaurantes e pela quantidade gigante de animais aprisionados e torturados para esse fim, um desfecho feliz parece estar bem longe ainda.


No entanto, contei algumas histórias maravilhosas nesse blog de alguns animais resgatados de matadouros chineses. Histórias inspiradoras como do gatinho Huru (foto) que foi do inferno para uma família amorosa na Europa. Tão lindo esse caso. Forte. E eu acompanhei Huru recentemente, anos depois de ser salvo pelo gongo, num matadouro chinês. Leia a trajetória incrível dele acessando AQUI

Texto: Fátima ChuEcco jornalista e escritora


terça-feira, 26 de dezembro de 2023

A Grandiosa Lição de Vida que a Flor do Hibisco nos dá


Essas duas flores de Hibisco nasceram no meu quintal exatamente no dia 25 de dezembro deste ano. Essa espécie de flor nasce apenas uma vez por ano e dura apenas UM DIA. Geralmente nasce só uma flor, mas no Natal, assim que acordei vi que nasceram 2 flores apesar do temporal intenso e do sol escaldante que enfrentaram nos últimos dias. 


Tanto esforço para a alegria de apenas 24h de existência porque certamente vale a pena cada segundo vivido. O nome disso é Resiliência. É Vontade de Crescer apesar dos obstáculos por mais duros que sejam.

O Hibisco nos dá uma grandiosa lição de vida, pois, assim como essas flores "devemos nos deter no lado melhor das situações e das pessoas, esquecendo o que pareça desagradável" (Chico Xavier/Emmanuel).


Não devemos nos apegar à parte ruim das nossas experiências e nem nos defeitos ou falhas das outras pessoas, mas considerar o conjunto da obra para apreciar o lado bom, iluminado ou colorido de cada criatura.

Fátima ChuEcco jornalista e escritora

sexta-feira, 15 de dezembro de 2023

Relatos incríveis sobre o poder curativo dos gatos. Conte a sua história também!


Na palestra "O poder curativo e a magia dos gatos", realizada dia 9 na Mystic Fair de SP, foi surpreendente o número de relatos sobre essa habilidade que os pequenos felinos compartilham tão amorosamente conosco.

Fiquei tão entusiasmada com a riqueza das histórias que espero publicar uma coletânea em 2024 com esses emocionantes exemplos de cura felina. Por favor, você que esteve na palestra ou que tem algum relato nesse sentido entre em contato pelo zap 11 94682-6104.

Um dos participantes  da palestra contou que teve a cura de uma hérnia de disco com a ajuda de seu gato e outra participante narrou o caso de seu marido que tinha um tumor. o gatinho literalmente grudava no local da lesão que depois de pouco tempo simplesmente desapareceu.


O auditório lotou de gente que ama gatos e que já teve experiências incríveis com esses adoráveis, mágicos e místicos bichanos. E para você que nunca teve ou que nunca se apaixonou por um gato, anote essa dica: se um aparecer no seu caminho ou miar na sua porta é melhor recebê-lo com carinho porque o gato vai direitinho no local onde precisam dele.

Higienizando os ambientes (eliminando as energias negativas), detectando doenças e curando feridas físicas ou emocionais, não é por acaso que os gatos são admirados desde antes do Antigo Egito e facilmente ganham discípulos quando conseguem ser admitidos numa casa.

Na palestra também foram apresentados três lindos tarôs de gatos com os quais trabalho para fazer uma análise completa da pessoa: aspectos positivos e os que merecem ajustes na personalidade, lição e missão de vida. É uma intensa viagem interior!


Junto com a análise, que é bem complexa, a pessoa recebe um vídeo com suas cartas no tarô dos gatos e pode ainda encomendar uma camiseta linda linda com suas cartas pessoais. É um ótimo e exclusivo presente para si mesma ou para dar a quem a gente ama e a quem, claro, ama gatos. Peça a sua pelo zap 11 94682-6104

Alguns modelos:



Acompanhe por esse blog mais matérias sobre gatos, cachorros, animais em geral. No menu de artigos já publicados do lado direito da tela deve ter algum assunto que te interessa.

Fátima ChuEcco - jornalista e escritora


domingo, 10 de dezembro de 2023

PENSE FORA DA CAIXA



Dianna ilustra a expressão “Pensar fora da Caixa” que vem do inglês “Think outside the box” e significa pensar de forma criativa, livre das amarras tradicionais e de condutas engessadas, tanto na vida corporativa quanto na vida pessoal. Estudos mostram que quanto mais as pessoas são curiosas (assim como os gatos naturalmente são), mais elas se tornam criativas porque passam a conhecer muitos elementos e caminhos novos. Por isso, na busca por pessoas talentosas, as empresas tentam descobrir quais os candidatos mais curiosos: os que mais perguntam, exploram o conteúdo de trabalho, fazem pesquisas, se interessam pelos demais companheiros e procuram aprender com eles.Ser curioso é o PRIMEIRO PASSO para PENSAR FORA DA CAIXA. 


A revista Harvard Business Review Brasil aborda esse tema com excelência e, inclusive, traz na capa um GATO. A matéria, assinada por Francesca Gino, diz "A curiosidade é muito mais importante para o desempenho de uma empresa do que se imagina". Alguns trechos a destacar:

"A CURIOSIDADE MELHORA A INTELIGÊNCIA. Aumenta a perseverança e a determinação"

"Quando nossa curiosidade é instigada, as decisões são tomadas com mais racionalidade e as soluções são mais criativas. Além disso, a curiosidade leva os funcionários a terem mais respeito por seus líderes e a desenvolver relações de trabalho mais confiáveis e colaborativas com os colegas"

"Quando exploramos outros terrenos, ouvir é tão importante quanto falar: ajuda a preencher as lacunas do nosso conhecimento e a identificar outras questões para investigar"

"Pro que evitamos fazer muitas perguntas? Porque temos medo de ser julgados como incompetentes, indecisos ou pouco inteligentes. No entanto, ao fazermos perguntas, promovemos conexões mais significativas e resultados mais criativos"

"O por que das coisas está sempre presente no vocabulário das crianças, pois sua necessidade de entender o mundo que as cerca é insaciável.Elas não têm medo de fazer perguntas e não se preocupam com o que os outros irão pensar. Mas quando nos tornamos adultos geralmente reprimimos nossa curiosidade"

"Mas para criar e inovar é essencial manter o sentido de encantamento. Os líderes mais eficientes procuram formas de despertar a curiosidade dos funcionários para alimentar o aprendizado e a descoberta"

E VOCÊ... PENSA DENTRO OU FORA DA CAIXA?









quarta-feira, 6 de dezembro de 2023

O Poder Curativo dos Gatos é tema de palestra da Mystic Fair no próximo sábado


Quem tem ou já teve gato em casa sabe: muitas vezes eles agem como verdadeiros remédios para dores físicas e emocionais. Sem falar que eles também "higienizam" os ambientes tornando-os livres de vibrações negativas.

É disso que tratará a palestra da jornalista e escritora especializada em gatos Fátima ChuEcco no próximo sábado, dia 9, às 14h, no Auditório 4 da Mystic Fair - maior feira mística da América Latina.

Se você tem um caso pessoal para compartilhar, compareça e enriqueça esse encontro que tem como tema o universo "mágico" dos gatos.

Veja o vídeo:


Além disso, a jornalista estará também apresentando alguns dos mais belos tarôs de gatos, com os quais ela trabalha para ajudar as pessoas a se conhecerem, fortificando os pontos positivos e ajustando os pontos frágeis

A Mystic Fair tem dezenas de palestras nos 2 dias de eventos no SP Expo (9 e 10 de dezembro), mais de 100 quiosques com tudo que existe no mundo esotérico e místico (excelentes ideias para presentes, para decorar e proteger o lar), atendimentos diversos e muitas atrações culturais o dia todo: danças, shows musicais etc. Confira a programação completa acessando AQUI

Atenção: tem transporte gratuíto do metrô Jabaquara para a feira. O Ingresso para os dois dias custa R$ 40 (R$ 20 por dia) com direito a todas as palestras e shows, e vários atendimentos. Um dia só custa R$ 35.

"A Magia dos Gatos e o Taroh dos Gatos" dia 9/Dez na Mystic Fair SP


Os gatos vêem muito além dos olhos e sentem muito além do coração. Não adianta tentar invadir o mundo místico deles. Estão noutro patamar da existência ao qual não temos acesso e, por essa razão, percebem nossas dores físicas e emocionais nos curando sutilmente dos mais diversos males.

Se você concorda com isso porque já sentiu na própria pele o poder e a magia de um gato... ou se gostaria de entender um pouco mais desse fantástico mundo felino, anote na agenda:

Palestra "A Magia dos Gatos e o Taroh dos Gatos" dia 9 de dezembro (sábado), às 14h, no Auditório 4 da 13ª Edição da Mystic Fair - maior feira mística e esotérica do Brasil, na SP Expo (Rodovia dos Imigrantes Km 1,5). 

Transporte gratuito no metrô Jabaquara (Rua dos Jatobás, 70). 

Atenção: as vans estarão disponíveis no Estacionamento Tujin (Av. dos Comerciários, n⁰90) ao lado do Habib's do Metrô Jabaquara. Ao passar pelas catracas, siga em direção a saída pela Rua Nelson Fernandes. Entre à direita no corredor das plataformas da EMTU e siga até o final. Passe pelas escadas da plataforma F e pela bilheteria e suba as escadas de saída. No final das escadas você encontrará coordenadores que irão auxiliá-lo. Espalhe a notícia para todos e não fique perdido na hora de pegar a van em direção ao evento.

Veja o vídeo sobre a palestra:


Excelente oportunidade, inclusive, para escolher presentes de Natal porque, além das dezenas de palestras, são também inúmeros quiosques com mandalas, velas, incensos, cristais, objetos decorativos e tudo que faz parte do complexo mundo místico.

Palestra "A Magia dos Gatos e o Taroh dos Gatos"

Quem conhece meu trabalho já sabe também da minha louca paixão pelos pequenos felinos, mas para quem não conhece, aqui vai um resumo:

Como jornalista acabei me especializando em assuntos sobre gatos. Trabalhei na Revista Meu Pet e na Miaumagazine de Portugal. Sou autora do clássico "Mi-Au Book - Um livro pet-solidário" que em sua segunda edição contou com a participação de Brigitte Bardot e do livro "Ághata Borralheira e amigos tocando corações" sobre minha gatinha preta que reuniu bichinhos de vários países. Participei de outras obras como "Somos Todos Animais", "Direitos dos Animais e Deveres dos Homens" e "Animais: Amigos Importantes". Desenvolvo fotolivros literários inspirados em gatos.


Trabalho com numerologia de Pitágoras (que já em sua época defendia os animais) associada a três belíssimos Tarôs dos Gatos perfazendo um estudo da alma e missão de vida muito mais rico de elementos. 

Na palestra na Mystic Fair estarei abordando  o animal mais associado à magia e à cura, além de apresentar as belas cartas dos Tarô dos Gatos e seus significados.  Conheça o tarô dos gatos:



ATENÇÃO: É muita atração cultural

 A Mystic Fair acontece nos dias 9 e 10 de dezembro e tem ainda MUITAS atrações artísticasEspia só:

Danças: Cigana, do Ventre, Espiral e Tribal, além dos Tambores do Fogo 

Ambulatórios: Mãos Estelares, Cura Taquiônica e Harmonização Energética

Tem ainda: Reike, Cristais, Florais e Fitoterapia

Mas isso que citei acima não é nem 10% do que a Mystic Fair oferece nos dois dias de evento. É atração que não acaba mais, das 10h as 10h

Valor da Mystic Fair: R$ 40 os dois dias (20 cada) ou R$ 35 um dia só

Veja a programação completa acessando AQUI 

Então não esquece: dias 9 e 10 de dezembro!

Acesse o site do evento www.mysticfair.com.br


Texto: Fátima ChuEcco, jornalista, escritora 

Fotos: Fátima ChuEcco e Pixabay Free


Tempo de Melancia! Saborosa e cheia de benefícios! Descubra o bem que ela faz!

Grandes pedaços chamam a atenção nas feiras livres. Pudera! A Melancia é a vedete da estação e faz tão bem pra saúde que devíamos comer o an...