domingo, 14 de janeiro de 2024

Turismo Social do Sesc Paulista: perceba a cidade de forma diferente!

 


As atividades de Turismo Social do Sesc da Av Paulista são geniais e gratuitas. Como são poucas as vagas em cada passeio tem que ser ágil para conseguir um ingresso, mas vale cada minuto. Participei do "Artes, Registros e Memórias na Avenida" que nos leva para um passeio, sob um olhar diferente, por ícones da Av Paulista como a Casa das Rosas, o Masp e o Parque Trianon.

Os participantes ganham um caderno de anotações para funcionar como um diário de bordo, cheio de ilustrações de imóveis antigos e atuais da Avenida Paulista confeccionado pela Melissa Rudalov que vai explicando a história dos locais no trajeto. Junta-se a ela a guia de turismo Priscila Lopes que também vai dando ao grupo inúmeras informações sobre cada local visitado.


A Melissa desenvolveu a parte artística e de sensações. A Priscila desenvolveu a pesquisa histórica e contextual. Mesmo para mim, que frequento a Paulista desde a adolescência, o passeio não foi nada óbvio. Na verdade tive a oportunidade de olhar para aqueles mesmos locais que conheço há décadas de forma diferente, com um punhado de conhecimento que facilitou um novo olhar.

O grupo tinha gente de todas as idades, casais e muita gente "solo"... uma delícia!

Junto com o passeio houve ainda uma abordagem mais intimista que começou logo no início da atividade com a segunda pergunta:

"Que lugar habita dentro de você?"

Pare pra pensar. Que lugar tem nas suas mais doces memórias ou que lugar, de alguma maneira, parece fazer parte de suas próprias entranhas?

Respondi que o lugar que habita em mim é Parque da Independência porque além de nascer e viver no Ipiranga, no parque tem tudo que amo: história, natureza, pássaros e uma antiga colônia de gatos muito bem cuidados.


A minha resposta foi também uma sugestão para que o Sesc crie um passeio pelo histórico bairro do Ipiranga. Não são apenas o Museu do Ipiranga e o Parque Independência (aliás colados no SESC). Mas um passeio que inclua os pelo menos cinco casarões (bem na esquina do SESC tem uma mansão) da região e o antigo/simpático Museu dos Bichos (tem até dinossauro encontrado no Brasil).

O Sesc Paulista tem outros circuitos a pé como "Patrimônios da Memória: Histórias de Mulheres e da Cidade" e "A Paisagem como Fato Social: Patrimônio, Direito e Memória". Todos com acessibilidade em Libras.

Texto Fátima ChuEcco jornalista e escritora

Fotos: Priscila Lopes e Rita Martins 

Um comentário:

  1. Excelente projeto do Sesc. A periodicidade deveria ser mais frequente., para que mais pessoas tenham acesso ao rico conteúdo.

    ResponderExcluir

Tempo de Melancia! Saborosa e cheia de benefícios! Descubra o bem que ela faz!

Grandes pedaços chamam a atenção nas feiras livres. Pudera! A Melancia é a vedete da estação e faz tão bem pra saúde que devíamos comer o an...