sábado, 30 de março de 2013

VESTIDOS SEQUINHOS


Se vc AMA vestido aqui estão algumas opções bem sequinhas da Folic. São vestidos excelentes para o trabalho, eventos, reuniões... elegantes, sexies e confortáveis. O comprimento também é perfeito para essas ocasiões. O que mais me chamou a atenção nessa coleção foi o uso de listras. Gosto muito dessa mistura do estilo business com algo de esportivo (já que a listras são marca registrada de uniformes esportivos). Esses vestidos passam seriedade ao mesmo tempo que fogem do look tradicional. É fácil perceber como a mulher se impõe numa roupa dessas sem precisar de nenhum acessório. O vestido fala por si só. O de zíper frontal, em particular, molda bem o corpo, mas de forma descontraída, sem forçar um look sensual. A sensualidade atravessa o vestido de maneira bem sutil. E o melhor é que essas peças podem ser usadas em qualquer estação. Combinam com casacos longos, casaquinhos mais curtos, comportam meia-calça em dias frios e também, em alguns casos, segunda pele. A Folic está em diversos Estados e shoppings. Veja endereços em www.folic.com.br As fotos são de Rodrigo Bueno.





sexta-feira, 29 de março de 2013

INFORMAÇÕES BACANAS SOBRE LEGUMES E VERDURAS


Esses dias me deparei com uma revista nova na banca de jornal que traz muitas informações legais sobre legumes e verduras. Explica sobre as cores, nutrientes, formas de cozimento, diferença entre folhas, caule, flores, raízes e legumes de fruto. É a revista LEGUMES e abaixo compartilho algumas páginas. Na revista Mente & Cérebro de março também tem uma matéria interessante sobre DEPRESSÃO e cita os alimentos que mais ajudam a manter o bom-humor (veja página abaixo). Cogumelo, ervilha, brócolis e espinafre estão nessa lista. E por falar em brócolis, há pesquisas comprovando sua eficiência no combate à células cancerígenas por causa da presença dos fitoquímicos sulforano e indoles. Mas tem que se tomar cuidado com o cozimento. Muito tempo em alta temperatura pode acbar com boa parte de tudo que é bom nos legumes verduras. Se não der pra comer cru, o ideal é cozinhar à vapor ou cozimento na água sem exageros de tempo e temperatura.





segunda-feira, 25 de março de 2013

PASSADO PRESENTE FUTURO... TUDO AO MESMO TEMPO!




É possível prever o futuro? Ou sonhar com cenas de séculos atrás? Tenho me debruçado sobre a Teoria da Relatividade de Einstein e da qual quase todo mundo já deve ter ouvido falar. Tenho pensado nisso por causa dos frequentes sonhos precognitivos que tenho e que, por meio de pesquisa, descobri que muita gente tem. Descobri gente que previu o acidente da TAM e tb esse último na boate KISS por meio dos sonhos. As premonições podem também estar mais ligadas a um mundo particular. Eu, por exemplo, tenho facilidade de sonhar com fatos corriqueiros que se concretizam dias ou semanas depois, por exemplo: entrada numa empresa, perda de um emprego, início de um namoro, fim de um relacionamento... já previ a gravidez de uma amiga, o incidente numa cirurgia do meu pai e outras dezenas de situações ligadas a mim ou a pessoas próximas.


Assim como eu, muitas pessoas têm isso que os cientistas começam a chamar de ferramenta evolutiva. Uma mutação que permite as pessoas anteciparem o futuro próximo... e às vezes um tanto longíquo também. Provavelmente uma adaptação da espécie humana para tempos futuros em que será necessário antever algumas situações. Ou não. A Teoria da Relatividade levanta, nesse sentido, um aspecto interessante e que, de certa forma, justificaria o fato de antever o futuro. Se como dizia Einstein, o passado, o presente e o futuro ocorrem simultaneamente, em universos paralelos e estamos constantemente viajando no tempo, tanto para a frente quanto para trás, talvez tenhamos a oportunidade de captar e gravar cenas que ainda não aconteceram no “tempo” ao qual temos acesso... ou que temos a sensação de estar vivendo. É como se puxássemos um fato que nos parece futuro, mas que na verdade já aconteceu num universo paralelo ao nosso.


Einstein disse em 1955: “A distinção entre passado, presente e futuro é só uma ilusão”. Por isso, sua Teoria da Relatividade não reconhece o livre-arbítrio. Qualquer decisão ou escolha que fizermos nos levará ao mesmo acontecimento futuro, como se nosso destino já estivesse completamente escrito. Para entender é preciso se imaginar vivendo em três tempos diferentes exatamente no mesmo momento. No entanto, Einstein não acreditava ser possível antever o próprio futuro ou de outras pessoas. Ele não achava possível que nossos “eus”, vivendo no passado, presente e futuro pudessem se ver e registrar momentos que, para o eu do presente, por exemplo, significaria o futuro. Mas pensando sobre essa Teoria me pareceu que captar imagens do futuro (ou do passado remoto) por meio dessa viagem constante pelos três tempos é uma hipótese a se considerar. Isso, inclusive, explicaria as premonições. É só algo para gente refletir, especialmente quando se tem esse tipo de experiência, de conviver com o futuro no presente.

domingo, 24 de março de 2013

Senso de justiça e moralidade nos primatas



Sou fã dos trabalhos do pesquisador Frans de Wall com primatas. Ele derruba o mito que apenas os humanos têm empatia e senso de justiça, entre outros valores morais. Pra mim isso sempre foi tão claro, mas percebo o quanto as pessoas em geral têm resistencia em admitir moralidade em outros animais. Algumas até se ofendem ao serem comparadas com primatas, embora o homem seja um primata evoluído, assim como chimpanzés, orangotandos, gorilas e bonobos. Quem se interessa pelo tema não pode deixar de ler "Eu, Primata" de Frans de Wall. O video mostra algumas de suas conclusões, mas o livro tem uma rica gama de provas da inteligência, compaixão, senso de jusiça e de moralidade dos primatas.


FAÇA VC MESMA ESSES MIMOS COSMETÍVEIS!!!





CAKE POP DE PÁSCOA

CAPACIDADE DA XÍCARA: 200ml
CAPACIDADE E TIPO DO RECIPIENTE: 3.000ml / tigela de vidro
TEMPERATURA E TEMPO DE FORNO: potência alta do micro-ondas / cerca de 7 minutos
RENDIMENTO: cerca de 60 unidades

INGREDIENTES:

1 xícara (chá) de leite (200ml)
3 ovos (cerca de 180g)
½ xícara (chá) de óleo (100ml)
1 e ½ xícara (chá) de açúcar refinado UNIÃO (240g)
1 colher (sopa) de essência de baunilha (15ml)
1 pitada sal
3 xícaras (chá) de farinha de trigo (330g)
1 colher (chá) de fermento em pó (4g)
1 xícara (chá) de chocolate granulado (150g)
3 e ½ xícaras (chá) de doce de leite (900g)
Palitos para pirulito ou churrasco
900g de chocolate branco fracionado picado
Corantes variados para chocolate
Confeitos variados para decorar

MODO DE FAZER:

No liquidificador, bata o leite com os ovos, o óleo, o açúcar, a essência e o sal até homogeneizar. Sem bater, junte a farinha e o fermento peneirados juntos e misture. Despeje na tigela de vidro levemente untada com óleo e leve ao micro-ondas na potência alta por 4 minutos e mais 3, interrompendo de 1 em 1 minuto para conferir (estará pronto quando espetar a massa com um palito e este sair limpo). Deixe descansar por cerca de 3 minutos no micro-ondas. Depois de frio, esfarele o bolo e junte o granulado e o doce de leite. Modele, pressionando porções de massa em fôrmas de acetato com formato de ovos (28ml), espete o palito e deixe secar por 2 horas. Derreta o chocolate conforme orientação do fabricante. Tinja-o com corante próprio na cor escolhida. Banhe os cake pops e decore-os com os confeitos. Reserve-os até secarem.

DICA:
Caso queira, substitua o chocolate branco por chocolate granulado, para cobrir o cake pop. Com um pincel, passe uma camada de doce de leite sobre os pirulitos e passe no granulado.

CONGELAMENTO / DESCONGELAMENTO - (somente a massa de bolo pronta)
Embale, extraia o ar, etiquete e congele por até 3 meses.
Descongele em temperatura ambiente, sem retirar da embalagem.



BISCOITO DECORADO COM GLACÊ FLUÍDO

CAPACIDADE DA XÍCARA: 200ml
TEMPERATURA E TEMPO DE FORNO: moderada (180ºC) / cerca de 20 minutos
RENDIMENTO: cerca de 25 unidades

INGREDIENTES:

Massa

200g de manteiga em temperatura ambiente
1 xícara (chá) de açúcar refinado UNIÃO (160g)
1 ovo (cerca de 60g)
1 colher (chá) de essência de baunilha (5ml)
4 xícaras (chá) de farinha de trigo (440g)
3 colheres (café) de fermento em pó (6g)
½ colher (chá) de sal (2,5g)

Glacê Real

4 e ½ xícaras (chá) de açúcar de confeiteiro UNIÃO GLAÇÚCAR (517,50g)
8 colheres (sopa) de água (120ml)
3 colheres (sopa) de pó para merengue (60g)
corante alimentício em gel, da cor de preferência
água para afinar

MODO DE FAZER:

Massa

Na batedeira, bata a manteiga com o açúcar, até ficar cremoso. Junte o ovo e a essência e bata até homogeneizar. Sem bater acrescente a farinha peneirada com fermento e o sal. Embrulhe em filme plástico e leve à geladeira por 1 hora.
Abra a massa entre 2 pedaços de plásticos até atingir 0,5cm de espessura e modele os biscoitos com um o cortador escolhido. Acomode-os nas costas de assadeiras levemente untadas com manteiga. Asse-os no forno preaquecido até dourarem. Deixe que esfriem completamente.

Glacê Real

Na batedeira, bata o GLAÇÚCAR com a água e o pó até obter um merengue firme. Divida-o em porções de acordo com número de cores que vai utilizar. Mantenha-as cobertas com pano úmido até o momento de decorar.

DECORAÇÃO:

Coloque uma parte do merengue em um saco de confeitar com o bico perlê de 1mm (nº 2 ou 3) e contorne cada biscoito. Espere secar. Adicione cerca de 1 colher (café) de água às demais porções de merengue para que fiquem mais fluidas, e coloque-as em saquinhos plásticos resistentes.
Faça um pequeno furo em uma das pontas. Preencha cada biscoito com o glacê mais líquido e bata o biscoito delicadamente na palma da mão para que o glacê se espalhe uniformemente. Em seguida, pingue o glacê colorido de acordo com o desenho desejado (bolinhas, corações, listras, etc). Mantenha-os na posição horizontal até secarem completamente (cerca de 4 horas).

DICA:
Caso queira substituir a manteiga por margarina, utilize somente as que contenham teor igual ou superior a 70% de lipídeos na sua composição.

CONGELAMENTO/DESCONGELAMENTO (somente o biscoito assado):
Embale, extraia o ar, etiquete e congele por até 3 meses.
Descongele em temperatura ambiente, sem retirar da embalagem.

quinta-feira, 21 de março de 2013

VOLUNTÁRIOS SALVANDO ANIMAIS NAS TRAGÉDIAS




Essa é a minha nova matéria na revista Meu Pet de março. E nela estão alguns protetores e ativistas bem conhecidos do Facebook como o Franklin de Minas Gerais, o Tony Resgates do Rio e o veterinário Roberto Stevenson (foto) de Campinas (SP). Tem ainda a veterinária Amélia do grupo Veterinários na Estrada e o carioca Tales que ajudou a salvar bichinhos do Tsunami do Japão quando estava estudando naquele país. Relatos emocionantes e tb inspiradores. Coragem, determinação e solidariedade não faltam para essas e outras pessoas que largam tudo e correm em direção a uma grande tragédia para salvar bichos que estão feridos, soterrados e completamente desorientados. 


A revista está nas bancas e dessa vez apresenta duas capas: uma com gato e outra com cachorro, afinal, os brasileiros amam muitos os dois. Aliás, os gatos já somam no país 17 milhões (fora os bichanos comunitários instalados em praças, parques e universidades) e a Meu Pet divide suas páginas com assuntos que interessarão bastante as gateiras de plantão. Tem matéria bem completa sobre a terrível doença renal que é o pesadelo de quem tem gato. E também uma série de dicas para deixar a casa bem confortável para o “príncipe” ou “princesa” da casa: sua majestade... o gato.


Outra reportagem encantadora fala de “cães médicos”, treinados para farejar diabetes e câncer. Não deixem de ler! E também uma matéria muito importante para educar leitores desavisados: “Passeio sem Sufoco”, ou seja,  como caminhar com tranquilidade pelas ruas, mas sem puxar a guia e machucar o cachorro. Gente... quantas vezes não vemos donos sufocando seus cães em busca de obediência? E outros literalmente “carregados” por seus guardiões, sem controle da situação e, assim, colocando em risco o próprio cão e outros animais que estão nas ruas. A Meu Pet está uma delícia.... cheia de notinhas curiosas... receita culinária para seu pet e muita informação. Não percam! 




quarta-feira, 20 de março de 2013

ATRIZ CONGOLESA NAS TELAS DE SP. PRESTIGIEM!!!



                                Rachel Mwanza, atriz congolesa descoberta aos 12 anos
Tem início hoje, 22 de março, no CineSesc (Rua Augusta 2075 - SP), a mostra de 12 filmes de países de língua francesa que serão exibidos até o dia 31e que faz parte do evento Festa Internacional da Francofonia. DESTAQUE para "A Feiticeira da Guerra" (no original Rebelle), filme exibido amanhã, dia 23 às 19h e dia 26 às 21h. Conta a história de uma menina africana que é obrigada pelos rebeldes a matar seus próprios pais e depois é recrutada como criança-soldado para lutar nas florestas, provavelmente da República Democrática do Congo (RDC), embora o filme evite denominar a área onde se passa a história. Entre os rebeldes, além de ser forçada a matar seu povo, sofre também abusos sexuais. A atriz Rachel Mwanza é da RDC e, abandonada por seus pais, passou muito tempo vivendo nas ruas até ser selecionada pelo diretor do filme, Kim Nguyen, para as gravações quando tinha 12 anos de idade. Ele a viu num documentário sobre crianças congolesas entregues à própria sorte. Rachel não sabia ler e nem escrever. O cineasta e sua equipe pagaram então moradia e educação para a menina. Pelo seu desempenho em Rebelle recebeu o prêmio de melhor atriz do festival de Cinema de Berlim, entre outras premiações. Hoje ela tem 18 anos.
                                                   Rachel recebe troféu em evento canadense
                                                                   Cena do filme Rebelle
Cenas do filme Rebelle - Uma dura realidade

Outros destaques da mostra  são “Perder a Razão” (sucesso de crítica e público na 36ª Mostra Internacional de São Paulo), do diretor belga Joachim Lafosse, “38 Testemunhas” do cineasta francês Lucas Belvaux (mesmo diretor de “O Sequestro de um Herói”), “Café de Flore”, do canadense Jean-Marc Vallée, a fábula francesa “Na Ponta dos Pés”, de Oliver Ringer e animação em 3D “Contos da Noite”, do francês Michel Ocelot. A Francofonia tem por objetivo difundir através de atividades artísticas e culturais valores como liberdade, solidariedade, democracia, direitos individuais e diversidade cultural.

Relação dos filmes com datas de exibição:
R$ 8,00 (inteira); R$ 4,00 (usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino). R$ 2,00 (trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes). 

A Culpa é do Rousseau
(La Faute à Rousseau. Direção: Vários. 2012, Livre). Renomados diretores, jovens criadores, estudantes de cinema: todos democraticamente oferecem um retrato vívido de um dos principais filósofos e escritores da época moderna. São curtas metragens vindos da Suíça, França, Alemanha, Quebéc, Líbano, Espanha, Argentina, Brasil e Estados Unidos, e mostram a extraordinária vitalidade de Jean-Jacques Rousseau, que nasceu há 300 anos. Longe de ser uma celebração, os curtas são um poderoso argumento em favor da liberdade, da educação, da nossa conexão com outras pessoas, da subjetividade e do amor. Com contribuições de Apichatpong Weerasethakul, Reusser Francis, T. Nader Homayoun, Lionel Baier, Georges Schwizgebel e Jacob Berger.
Não recomendado para menores de 14 anos
De 21/03 a 31/03.


38 Testemunhas
(38 Témoins. Direção: Lucas Belvaux, França, 2012, 104min. Livre). Ao voltar para casa, depois de uma viagem de negócios à China, Louise descobre que sua rua foi cenário de um crime aparentemente sem testemunhas. Com o passar dos dias, ela descobre que 38 pessoas viram ou ouviram alguma coisa relacionada ao crime. Entre elas, está seu marido Pierre. Não recomendado para menores de 14 anos
22/03, 26/03. Sexta, às 21h. Terça, às 19h.

Operação Liberdade
(Operation Libertad. Direção: Nicolas Wadimoff, França/Suíça, 2012, 90min. Livre). Em 1978, membros de um pequeno grupo revolucionário invadem um banco suíço. Eles filmam toda a ação para provar a conexão entre o sistema financeiro suíço e os ditadores da época. Trinta anos depois, as fitas da Operação Libertad ressurgem.
Não recomendado para menores de 14 anos
22/03, 24/03. Sexta, às 19h. Domingo, às 21h.

A Feiticeira da Guerra
(Rebelle. Direção: Kin Nguyen (Quebéc), Quebéc-Canadá, 2012, 90min. 18 anos). Depois de ter sua vila queimada por rebeldes e seus pais assassinados numa guerra civil na África, a menina Kemona é levada para a floresta para lutar como uma criança-soldado.
Não recomendado para menores de 18 anos
23/03, 26/03. Sábado, às 19h. Terça, às 21h.

O Guarda-Chuva de Beatocello
(L’Ombrello di Beatocello. Direção: Direção George Gachot. Suíça, 2012, 83 min, digital, documentário, 12 anos). Desde 1996 o diretor acompanha a história do médico e violoncelista suíço Beat Richner e de seus pacientes em hospitais no Camboja. O filme retorna às origens de sua inspiração até a consolidação da construção de hospitais na terra do Khmer, por Richner idealizada.
Não recomendado para menores de 14 anos
23/03, 28/03. Sábado, às 23h. Quinta, às 19h.

Perder a Razão
(Á Perdre La Raison. Direção: Joachim Lafosse, Bélgica/Luxemburgo/França/Suíça, 2012, 114min. Livre). Murielle e Mounir são apaixonados um pelo outro. Desde jovem, Mounir vive com Pinget, médico que lhe proporciona uma vida confortável. Quando Mounir e Murielle decidem casar e ter filhos, a dependência do casal sobre o médico passa dos limites. A generosidade sem limites de Pinget se transforma em uma demonstração de poder. Murielle se vê presa num clima emocional doentio que conduz a família a um desfecho trágico.
Não recomendado para menores de 14 anos
23/03, 31/03. Sábado e domingo, às 21h.

Na Ponta dos Pés
(A pas de loup. Direção: Oliver Ringer, França/Bélgica, 2011.77min). Em um mundo não muito distante e num tempo não tão distante vive uma menina de 6 anos que, como tantas outras, acredita ser invisível para os seus pais. Para ter essa certeza, ela resolve desparecer. O que poderia acabar mal se transforma numa extraordinária aventura em busca de sua identidade e liberdade, digna de Robinson Crusoé.
Não recomendado para menores de 10 anos
24/03, 27/03. Domingo, às 19h. Quarta, às 21h.

Contos da Noite (3D)
(Les Contes De La Nuit. Direção: Michel Ocelot, França, 2011, 84min, animação. Livre). Toda noite, um menino, uma menina e um velho homem se reúnem em um antigo cinema. A sala do cinema guarda um segredo. Ela é um lugar mágico onde os três amigos vasculham e desvendam o lugar, sonham, fantasiam-se e fazem parte de histórias que, à noite, se tornam muito reais para eles. Este é o momento onde seres mágicos assumem o auditório, jovens cavaleiros almejam belas princesas, lobisomens uivam e senhoras insensíveis movem suas pesadas saias de seda. Lá, existem cidades de ouro e florestas tão densas que ninguém encontra o caminho de volta. Um universo mágico, permeado por ondas de harmonia, onde coros celestiais competem com o ruído surdo de tambores mágicos. Em noites como estas, o mal pode desencadear grande infortúnio.
Livre para todos os públicos
25/03, 29/03. Segunda, às 21h. Sexta, às 19h.

Tão Perto, Tão Longe
(Si Prés, Si Loin. Direção: Michel Favre, Suíça, 2012, 114min, documentário. Livre). Bolívia nos anos 50. Na Ilha do Sol, no meio do lago Titicaca, Alberto Perrin filma a comunidade indígena emancipada pela reforma agrária e a revolução de 1952. Sessenta anos depois, sua filha Carmen Perrín devolve para os habitantes o material feito pelo seu pai. Uma memória começa a surgir. Gestos são inventados. O cinema remonta o tempo.
Livre para todos os públicos
25/03, 30/03. Segunda, às 19h. Sábado, às 21h.

Tudo o que Você Tem
(Tout ce que tu possedes. Direção: Bernard Emond (Quebéc), Quebéc-Canadá, 2012, 91min.14 anos). Pierre é um solitário e melancólico professor de literatura em uma universidade em Quebéc. Ele abandona seu emprego para se refugiar nas traduções de um poeta polonês que admira. Quando seu pai, a quem Pierre não via há anos, lhe informa que tem um câncer incurável e que deseja deixar-lhe sua fortuna, obtida por meios duvidosos, Pierre recusa. Até que um dia ele cruza por acaso num café com Nicole, uma mulher que ele havia abandonado grávida há 13 anos A descoberta de uma filha fará Pierre recuperar pouco a pouco o seu amor pela vida.
Não recomendado para menores de 14 anos
27/03, 30/03. Quarta, às 19h. Sábado, às 23h.

Monsieur Lazhar
(Monsieur Lazhar. Direção: Phillippe Falardeau (Quebéc), Québec-Canadá, 2012, 94min). Mr. Lazhar é um refugiado da Argélia, que teve sua família assassinada por extremistas muçulmanos. Ele se torna professor substituto para uma turma de alunos do ensino médio cuja professora cometeu suicídio. Enquanto a classe passa pelo processo de superação da perda, ninguém desconfia o drama pelo qual passa o novo professor, que corre o risco de ser deportado a qualquer momento.
Não recomendado para menores de 14 anos
28/03, 30/03. Quinta, às 21h. Sábado, às 19h.

Café de Flore
(Café de Flore. Direção:Jean-Marc Vallée (Quebéc), Quebéc-Canadá/França, 2011. 120min). A história se passa nos anos de 1960 e 2010, onde Jacqueline, mãe de um menino com Síndrome de Down em Paris e Antoine, um DJ de Montreal tem seus destinos cruzados.
Não recomendado para menores de 14 anos
29/03, 31/03. Sexta, às 21h. Domingo, às 19h.


DIA MUNDIAL DO GUARDA FLORESTAL. Vamos cumprimentar os heróis que protegem os gorilas

Na foto estão as gorilas Ndakazi e Ndeze - sim elas ficam de pé como pessoas - e alguns dos guardas florestais da República Democrátic...