sábado, 16 de maio de 2020

TUTORES DE GATOS TOLERAM MAIS FACILMENTE A COVID-19, diz médica que observou 100 pacientes da Espanha




Podem os gatos ter um papel positivo nessa pandemia?
”Por via de regra, pessoas que possuem cães e gatos toleram o coronavírus mais fácil ou de forma completamente assintomática. Sabe-se que os gatos podem ter a forma de coronavírus felino, que não infecta as pessoas. Portanto, é possível que pessoas que tenham contato diário próximo com gatos desenvolvam anticorpos para o vírus felino que também podem destruir o vírus humano”, é o que relata Sabina Olex-Condor, médica polonesa que trabalha na emergência de uma clínica em Madri, na Espanha.

"Os pacientes ou familiares de pacientes foram questionados sobre animais de estimação para darmos informações sobre como realizar o isolamento em casa. E houve o que chamou minha atenção: a maioria não tinha animais de estimação, alguns alegavam ter cães, mas quase nenhum tinha gatos. Mas é claro, o teste é muito pequeno e eu não fiz estatísticas. Quando for possível, tentarei produzir estatísticas mais confiáveis", me respondeu pelo Facebook, a médica que conversou com 100 pacientes de covid-19.

“Isso é chamado de reação cruzada e existe na natureza. Os anticorpos contra um vírus também destroem outro semelhante. Sabe-se que essa proteção não é 100% porque nem todo gato entra em contato com coronavírus felino e nem todas as pessoas desenvolvem imunidade da mesma maneira. Obviamente, para confirmar minhas suposições, seriam necessárias pesquisas e estatísticas aprofundadas, mas há uma suposição de que podemos lidar com maior imunidade devido ao contato com coronavírus específicos para animais de estimação e um sistema imunológico mais eficiente”, complementa.

Ela notou também que vários colegas de trabalho que não tinham animais em casa estavam de licença médica, enquanto os que tinham gatos permaneciam saudáveis e continuavam a trabalhar. A hipótese levantada por Sabina é de que o convívio com a saliva e pelos dos animais domésticos pode reforçar a imunidade das pessoas contra o vírus. Ela disse que gostaria de contar com a ajuda de um virólogo ou imunologista para ampliar o estudo e ter uma base mais sólida para sua teoria.

A doutora Sabina, ainda pelo Facebook agradeceu essa matéria:

"Obrigado por escrever sobre o assunto! Estou muito preocupada com o fato de tantas pessoas abandonarem seus animais de estimação por medo do vírus, sem saber que eles não apenas não os infectam (o que já foi comprovado), mas também podem protegê-los".

ATENÇÃO: A intenção da matéria é mostrar que os gatos podem ter um papel positivo nessa pandemia ao contrário de várias notícias na mídia que têm destacado que eles podem pegar covid-19, sem esclarecer detalhes extremamente importantes para não gerar maus-tratos e abandono. Mas gostaria de ressaltar que a própria médica assinala que trata-se de um estudo pequeno e, portanto, precisa ser ampliado. A matéria está com mais de 130 mil visualizações, centenas de comentários nas redes sociais e vejo muita gente contente com a hipótese apresentada, mas ainda é uma suposição. Além disso, como a médica explica, nem todo gato tem contato com o corona felino e, portanto, nem todo gato tem anticorpos para coronavíurus que poderiam ser passados a seus tutores. Por isso pedi relatos de pessoas que tem gatos e pegaram a covid... pra gente ver se essa hipótese, que muita gente está vendo como uma esperança, procede aqui no Brasil.


                                                Gato de Sabina Olex-Condor/ Facebook

Matéria da Veja Saúde com o veterinário Mário Marcondes


"Ao contaminar os seres humanos, o novo coronavírus utiliza um receptor denominado ECA2 para entrar na célula. O que se sabe é que os felinos possuem um receptor ECA2 muito semelhante ao dos humanos e diferente daquele dos cães.

Portanto, teoricamente seria esperado que os felinos pudessem ser mais suscetíveis a uma infecção quando comparados aos cachorros, por exemplo. E muito provavelmente essa é a razão de podermos observar gatos com anticorpos para o Sars- CoV-2 na China" - veja matéria na íntegra AQUI 
                                                         Foto Fátima ChuEcco

Enquanto isso, nos EUA...

Infelizmente, gatos foram feitos de cobaia e infectados propositalmente por covid-19. 

Essa semana vários jornais noticiaram um experimento feito com gatos nos EUA para saber se eles poderiam adquirir a covid-19. Em primeiro lugar, é preciso deixar bem claro que esses gatos não pegaram covid-19 de humanos. Três gatos foram "induzidos" ao contágio com altas doses do vírus em laboratório - uma situação artificial em que praticamente todo ser vivo teria sido infectado. Ao final de dois ou três dias todos tinham sido contaminados e mais tarde, em contato com outros gatos saudáveis, também os infectaram. 

MAS... nenhum deles demonstrou sintomas da doença, nem mesmo os mais leves, o que pode levar a crer que possuem uma defesa natural contra o covid-19.

A experiência foi liderada por Yoshihiro Kawaoka, professor de ciências patobiológicas da Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade de Wisconsin, nos EUA, que deseja saber se os gatos podem ser transmissores.

NO ENTANTO... Não há nenhum caso registrado até o momento de transmissão de gato para humanos. Há  somente casos raros em que humanos contagiaram gatos ou grandes felinos, como aconteceu no zoo de Bronx, nos EUA, onde um tigre apresentou resultado positivo para o covid-19 após ter tosse seca e diminuição do apetite. Três outros tigres e três leões do mesmo zoo também testaram positivo e acredita-se que o transmissor foi um funcionário. Todos os animais passam bem.

A Dra. Ann Hohenhaus, médica interna e veterinária de pequenos animais do Animal Medical Center da cidade de Nova York, disse à CBS News: “Existem milhões de pessoas em todo o mundo infectadas com Covid-19, mas apenas um pequeno número de relatos de gatos. Os gatos podem pegar o vírus de humanos, mas podem não ser capazes de transmiti-lo de volta a eles”.

                                                   Foto Adriana Voicu/Pixabay

Veja trechos da reportagem da CBS News:

"O vírus chega ao seu corpo e, em seguida, suas células precisam ter um receptor no qual o vírus se conecta, e então esse receptor arrasta o vírus para dentro das células. Então, os gatos claramente têm um receptor que corresponde ao vírus, mas podem não replicar o vírus em suas células tão bem quanto os humanos”

“Quando as pessoas têm uma carga viral alta em seus corpos, elas parecem ficar mais doentes com o Covid-19 do que as pessoas com níveis virais mais baixos. Então, como os gatos não parecem ficar muito doentes, talvez eles não tenham um nível muito alto de vírus. E, portanto, eles não produzem vírus suficiente em suas células para deixar as pessoas doentes "

Ela disse ao jornal que o experimento feito nos EUA não altera a postura dos veterinários:
"Não muda nossa recomendação de que, se você estiver doente, distancie-se socialmente de seus animais de estimação para proteger a todos da família, incluindo os animais. E se você tem Covid-19 e seu animal de estimação está agindo mal, ligue para o seu veterinário e fale sobre o que está acontecendo"

Foto Daga Roszkowska/Pixabay

Gato da Espanha não morreu de covid-19

Outra notícia que correu as manchetes recentemente foi sobre um gato que teria pego covid-19 de sua tutora na Espanha. “O gato tinha uma doença cardíaca genética conhecida como cardiomiopatia hipertrófica, que pode levar à morte súbita. Nenhum dos problemas encontrados no gato era compatível com uma infecção por covid-19. Em outras palavras, o vírus não teve nenhum impacto em sua saúde, segundo os veterinários", disse matéria do “El País”.


Nos exames foi encontrada uma carga "MUITO BAIXA" de covid-19, incapaz de causar a morte do animal. Já se sabe que o contato próximo entre pessoas infectadas e animais domésticos pode levar a uma contaminação pelo "contato", mas não ao desenvolvimento da doença. 

Víctor Briones, professor de saúde animal da Universidade Complutense de Madri disse: "O Covid-19 é uma doença humana, como visto por milhões de casos, enquanto o número de casos de animais pode ser contado em duas mãos. As pessoas precisam deixar claro que, em pouquíssimos casos conhecidos, o gato sempre foi o receptor da transmissão, mas não há evidências de que possa transmiti-la a uma pessoa".
Leia a matéria completa AQUI

VOCÊ TEM UM  RELATO?
Estou vendo muitos relatos nos grupos do Facebook onde essa matéria foi compartilhada. Pessoas que tiveram forma leve da covid-19 ou que conseguiram se recuperar e possuem gatos. Caso você tenha algo para contar nesse sentido deixe seu comentário aqui, ao final da matéria. Pretendo repassar à Dra Sabina. Obrigada!

Foto de abertura  da matéria: Facebook de Sabina Olex-Condor

Fontes de pesquisa dessa matéria:

Fátima ChuEcco
Jornalista/Escritora

41 comentários:

  1. Achei sensacional esta matéria. Muito boa mesmo! Parabéns!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho 7 gatos e alimento um monte deles. Tenho medo de ser infetada mas não por eles

      Excluir
  2. Amei saber sobre tudo mm isso, me fez muito feliz, independe te.de.qualquer.coisa jamais abandonaria.bichinhos, tenho 4 gatos e um.cachorro adotados e que amo.de.paixai meus bichinhos.

    ResponderExcluir
  3. Minha enteada, seu filho e a mãe dela tiveram a forma branda de covid e SIM, sempre tiveram vários gatos e tem ainda, com grande proximidade, inclusive dormir na cama, ficar no colo, beijos, etc. Nenhum dos três teve complicações sérias. <3

    ResponderExcluir
  4. Leio esta matéria com alívio e alegria. Temos 8 gatos em casa retirados do abandono das ruas. Gatos ainda sofrem muita rejeição, precisam e devem ser mais respeitados. São maravilhosos.

    ResponderExcluir
  5. Excelente matéria!! Parabéns. Seria bom observar em cães se isso tb ocorre
    Ajudaria que eles não fossem abandonados.

    ResponderExcluir
  6. Bem, temos 4 gatos aqui em casa, todos resgatados de rua, eram 5, mas a mais idosinha, nos deixou, e foi descansar, meus pais, tiveram COVID - 19, e se encontram curados aqui em casa, então acredito que esse estudo teórico, possa sim ter um fundamento!!

    ResponderExcluir
  7. Eu tive Covid-19 graças a Deus de uma forma branda,tive praticamente todos os sintomas e não precisei de internação . Fiz a quarentena em casa e possuo 7 gatos. Acredito sim que o fato de tê-los em casa e sempre ter convívio com eles possa ter ajudado na minha recuperação. Excelente estudo, parabéns.

    ResponderExcluir
  8. AMEI, TENHO 14 GATOS E MAIS 4 QUE CUIDO COMO SE FOSSEM MEUS, AMO E DOU A MINHA VIDA POR ELES DEUS ABENÇOE TODOS OS FELINOS.

    ResponderExcluir
  9. Adorei a matéria, tenho 5 gatos, tive gatos a vida toda, coloco eles em primeiro lugar sempre, jamais abandonaria eles por nada nesse mundo.

    ResponderExcluir
  10. Ter gatos em nossa companhia nós fazem seres mais felizes e melhores, já nos ajudam a enfrentar essa pandemia só por serem gatos

    ResponderExcluir
  11. Achei sensacional está matéria e merece um estudo profundo.Estou com a forma leve do COVID, e tenho dois gatos.Tenho poucos sintomas,não sei se por coincidência,mas posso afirmar que no que e refere ao emocional a presença deles é muito reconfortante pra quem esta em isolamento.

    ResponderExcluir
  12. Minha afilhada possui gatos e cachorros mas pegpu o covid e ficou muito mal com pneumonia e teve que usar um coquetel de remédios inclusive 1 semana de anticoagulante . Então, nao vamos facilitar nesmo quem tem gato.

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. Eu tive covid e manifestei apenas sintomas leves da doença, tenho gato (atualmente 3) e sempre tive ao longo de toda minha vida! Meu paladar e olfato começaram a voltar em menos de 5 dias

    ResponderExcluir
  15. tenho uma amiga q mora na Holanda me disse q lá um cão e 3 gatos se contaminaram o cão morreu e os gatos apresentam quadro respiratorio...poderia levantar essas informações corretamente, pois eu acredito q tbm nesses casos a causa não tenha sido covid, ele apenas estava presente ( ou nem isso, pois não sei se foi comprovado através de exames e testes) Grata.

    ResponderExcluir
  16. Olá, adorei a matéria. Meu noivo e eu temos dois gatos e trabalhamos em hospital. Muitos colegas foram afastados pela COVID, porém nós seguimos bem e sem ser infectados. Nossos familiares também, todos com animais e nenhum teve a doença. Faz muito sentido essa pesquisa.

    ResponderExcluir
  17. Adorei a matéria em estudo. Tenho 16 gatos 3 labradores todos a dotadosdotados.sempre tive a vida tida jamais os abandonaria, dormem conosco na cama sofá se dividem com o filho e nós. Acredito sim que nos protegem fisica e emocionalmente, mas e bom saber que que nós podemos contaminalos. Aqui ninguem pegou ou tem sintomas da covid ainda mas tomaremos cuidados no menor sinal. Amo ekes mais que tudo.

    ResponderExcluir
  18. Tenho gatos há 10 anos e me casei tem 1 ano, trouxe meus 5 gatos e moramos eles, eu e meu marido. O curioso é que meu esposo pegou covid-19 de um colega de trabalho, teve dor nas costas, garganta e perda de olfato e paladar. Ficou uns 3 dias de cama indisposto, mas no geral estava bem. Graças a Deus não teve febre e nem falta de ar. A empresa o afastou por 15 dias (para não contaminar os colegas) e como moramos juntos, me afastou também. O fato é que já se passaram 10 dias e até agora não tive qualquer sintoma. Acredito que eu tenha me contaminado mas não tive sintomas e meu esposo por ter contato com eles durante 1 ano só, teve mas de forma leve. Espero que os estudos avancem, sempre vi meus gatos como protetores espirituais, agora tem a chance de ser cientificamente. ��❤

    ResponderExcluir
  19. Tenho um gato e não há quem consiga segura-lo dentro de casa!Corremos o risco de ser contaminados pelas suas patas,devido aos passeios na rua?
    Devo dizer que tentamos higienizar sempre q ele voltava,mas ele corria e não deixava.

    ResponderExcluir
  20. Tenho uma Ong de Proteção Animal e contato direto com os animais do abrigos e os de casa. Abraços e os quase beijinhos. Tive Covid 19 e só tive perda de paladar e olfato. Há muitos anos atrás tive broncipneumonia e tinha gripes constantes. Digo que Minha primeira gata me curou,porque eu cheirava e sentia raramente q entrava pelo,mas não tive mais gripes. Com esse relato dessa medica,creio que possa ter acontecido algo similar para adquirir imunidade. Notícia ótima, pois existe um preconceito ainda muito grande por parte até mesmo de médicos.

    ResponderExcluir
  21. Eu tenho 3 gatas e tive Covid. Porém, em mim, a doença foi muito branda e em 14 dias já não tinha nada. Peguei do meu marido. Além das gatas, tenho mais 3 cachorros. Ninguém ficou doente, pelo contrário, eles estão ótimos! Acho que não essa história com os gatos pode fazer sentido.

    ResponderExcluir
  22. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  23. Sou a autora da matéria e gostaria de ressaltar que a própria médica assinala que trata-se de um estudo pequeno, com apenas 100 pacientes de covid-19 que ela atendeu e, portanto, precisa ser ampliado. A matéria está com quase 100 mil visualizações e vejo muita gente contente com a hipótese apresentada, mas ainda é uma suposição. Além disso, como a médica explica, nem todo gato tem contato com o corona felino e, portanto, nem todo gato tem anticorpos para coronavíurus. Por isso tudo que pedi relatos de pessoas que tem gatos e pegaram a covid... pra gente ver se procede aqui no Brasil. A intenção da matéria foi também mostrar que os gatos podem ter um papel positivo nessa pandemia já que muitas notícias têm destacado que eles pegam covid-19, sem esclarecer detalhes extremamente importantes para não gerar maus-tratos e abandono. Obrigada a todos que estão lendo e compartilhando.

    ResponderExcluir
  24. Jairo mello , fiquei bastante feliz com as colocações apresentadas ,tenho 4 gatos e uma cadela que por sinal se entendem muito bem.
    Sempre gostei de meus bichinhos com muita aproximação e principalmente que estou vivendo a Quarentena

    ResponderExcluir
  25. Meus pais e irmã tiveram o covid. Apesar de serem do grupo de risc (idosos e hipertensos) meus pais não necessitaram internação. Todos já estão recuperados. Nesse meio tempo o gato deles também apresentou sintomas respiratórios, como de um resfriado. Eles fizeram uma consulta online com a veterinária, mas não sei ao certo o que ela passou. Estão todos bem, incluindo o gato!

    ResponderExcluir
  26. Estou torcendo para que seja verdade. Sempre tive muitos gatos (agora tenho 15)e tenho medo de ficar doente e não poder cuidar. Este é o meu medo maior.

    ResponderExcluir
  27. Também tenho 11 gatos, todos saudáveis! Têm sido a minha companhia durante o isolamento! São adoráveis!!! Adorei a matéria e fiquei muito mais tranquila!!!

    ResponderExcluir
  28. Adorei a matéria. Não peguei a covid. Tenho 5 gatos que amo muito e são muito próximos a mim ��... se eu pegar, volto aqui pra falar. Parabéns pelo estudo.

    ResponderExcluir
  29. Bom dia
    Meu nome é Del Fialho, moro em São Luis Ma e na minha casa tem 5 gatos, a maioria criados por minha sogra, +- no inicio de abril, nós tivemos todos os sintomas do Covid 19, mas gracas a Deus foram leves, principalmente nos mais jovens. Na casa nora 6 pessoas, sendo 2 idosos.Todos tiveram os sintomas, menos o meu sogro, achei estranho só ele não pegar. Agora vendo essa reportagem, acredito que foi porque pq todos os gatos dormem no quarto dele.

    ResponderExcluir
  30. Eu tenho 3 gatos e uma cadela todos são pegados comigo são os meus xodos

    ResponderExcluir
  31. Tenho sete gatos e amo estes bichanos e pouco importa pra mim se me ajudarão ou não com os sintomas da COVID. Não os abandono por nada!

    ResponderExcluir
  32. Tenho 1 gata que resgatei das ruas a 9 anos. Eu e meu marido que é profissional de saúde e foi afastado por ser de risco estamos de quarentena e sem sintomas de covid-19. Minha filha que não mora comigo a 1 ano e 3 meses, mas sempre conviveu com a gata teve a forma branda do covid-19. Achei maravilhas sobre essa matéria não pelo fato de proteger da doença, mas pelas idéias que jogam nas costas dos coitados dos animais que são muitos sofridos e abandonados. Amo minha gata Vic Maria e com ou sem covid jamais a largaria. Fiquei satisfeita e feliz ao ler esse estudo e espero que chegue a uma conclusão feliz para a raça felina��

    ResponderExcluir
  33. Que matéria maravilhosa
    Eu fui vítima do COVID, sintomas leves e me recuperei em casa ....
    Tenho 3 gatas que foram mais que enfermeira...Lendo essa matéria acredito que possa ser por elas também que estou curada...
    Não minhas gatas e jamais abandonaria por motivo nenhum...

    ResponderExcluir
  34. Temos 6 em casa , nós cuidamos deles e eles de nós 🐈🐈❤

    ResponderExcluir
  35. Eu e todos os meus familiares tivemos sintomas leves. Em casa temos três lindos gatos e dois cachorros ❤

    ResponderExcluir
  36. Temos 10 gatos em casa e achei super legal essa matéria,e acredito sim,que os gatos tem anticorpos que diminui em humanos os sintomas do covid-19!

    ResponderExcluir
  37. Amei a materia pois creio que os animais nos protegem ...tenho 6 gatos e so nao tenho cachorro por falta de espaco ... nao sei se ja tivemos o covid 19...apresentamos sintomas estranhos mais ou menos um mes atras inclusive minha mae idosa, mas nada grave...dor de barriga espirros dor de cabeca etc. E um caso suspeito na familia que nos deixou temerosas, mas que tambem vivem rodeados de gatos...

    ResponderExcluir
  38. Matéria excelente, séria, comprometida com as informações. Muito obrigada.

    ResponderExcluir
  39. Acredito que essa materia faz todo o sentido sim. Minha prima é enfermeira e tem três gatos. Esta cuidando de muitos pacientes infectados e não apresentou nenhum sintoma de covid enquanto seus colegas de tabalho do msm hospital muitos foram afastados por terem sido contaminados e outros ate perderam a vida.

    ResponderExcluir

ESTRANHAS MANIAS FELINAS

“Daqui não saio, daqui ninguém me tira”. A frase, que é muito popular no Brasil, se encaixa direitinho em algumas situações protago...