domingo, 6 de junho de 2021

SONHO COM EXTRATERRESTRES: VC TAMBÉM SONHA COM ELES?




Algum de vcs já sonhou com extraterrestres ou teve sonhos com cenários futurísticos? De vez em quando tenho sonhos assim. Até então vinha anotando num caderno só de sonhos, mas agora estou começando a compartilhar com o intuito de estabelecer contato com outras pessoas com sonhos semelhantes.  

Recentemente sonhei que estava sentada numa poltrona dessas que a gente senta para fazer exames mais rotineiros como de sangue. Na minha frente tinha uma tela de computador. Foi injetada agulha ou sonda na veia do meu braço direito e algumas imagens começaram a surgir na tela. Eram imagens que estavam na minha mente... coisas que eu conhecia, animais... figuras familiares e da vida terrena.  Mas elas apareciam esboçadas, desenhos apenas com contornos. 

Não vi médicos ou enfermeiros. Não vi ninguém. Quem estava manipulando meu corpo e o computador não era visível a olho nu para mim. E, no sonho, eu tinha consciência de que aqueles seres também não podiam me ver, pelo menos, não na minha complexidade, não nitidamente... talvez conseguissem enxergar apenas a energia emanada pelo meu corpo. Então o aparelho permitia a eles transformar as imagens da minha mente, ou seja, imagens do meu mundo, em algo que eles podiam ver pelo computador. Uma espécie de codificação de imagens para a visualização deles.



A imagem que usei para ilustrar esse texto logo no início não tem nada a ver com meu sonho. É apenas uma ideia clássica de como podem ser os extraterrestres. Todo mundo os imagina assim... não sei por quê. Mas vcs já pararam para pensar que talvez não seja possível para nós enxergá-los? E, do mesmo modo, talvez eles tenham um sistema visual que tb não permite nos ver ou não ver com nitidez? Talvez possam perceber nossa presença, mas não nos ver. 

As bactérias são um exemplo. A gente não consegue ver a olho nu, mas elas existem e até fazem grandes estragos em nosso organismo. Para vê-las precisamos de aparelhos capazes de ampliá-las. No sonho era mais ou menos isso que estava acontecendo: os extraterrestres tentavam captar imagens do nosso mundo por meio de imagens em minha mente q, por sua vez, eram codificadas de modo que ficassem visíveis a eles. Interessante, não? Foi sonho, mas tem um "quê" de algo possível, né?



Noutro sonho eram insetos mecânicos parecidos com pernilongos que voavam e, por meio de picadas, extraíam o sangue das pessoas e depois seguiam com esse material para um laboratório.  Quando alguém dava um tapa neles, se dividiam em dois, bem luminosos, como vagalumes. Ninguém me dizia qual a utilidade daqueles insetos no sonho, mas eu conhecia a função deles: era conhecer o DNA dos humanos.

Um outro sonho mostrava uma espécie de pedra que eu escalava junto de outras pessoas para extrair um mineral dourado. Era um cenário escuro, parecia ser noite ou não existir dia. Esse mineral, com aspecto de ouro, parecia servir como combustível energético... algo assim. Ele ficava encrustado na rocha e tínhamos que soltá-lo. Era uma encosta. Abaixo de nós havia um mar ou rio... e um barco bem simples nos esperava. Cenário digno de filme. 

E, sobre animais, já sonhei tb com alguns híbridos: peixes com penas, gato com escamas, pássaros com pelos... tudo misturado, mas eram bichos saudáveis e com os quais eu podia me comunicar em pensamento. Entendíamos uns aos outros.


Fátima ChuEcco Jornalista e Escritora... exímia sonhadora  com terras e povos estranhos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Cerca de 68 cães são salvos do festival de carne de cachorro deste ano

Além da crueldade a que são submetidos milhares de animais no festival de carne de cachorro em Yulin, na China, esse evento é perigoso també...