segunda-feira, 13 de dezembro de 2021

Papai Noel (Feirarte) e Mamãe Noel (Feira Pet-Solidária). Confira o resultado desse "casamento"

Valdir Gramado e Daniela Bená
                                              

Ao final de quatro edições da Feira Pet-Solidária do Museu do Ipiranga é possível concluir que a iniciativa deu bons frutos: ONGs de proteção animal ganharam visibilidade, apoios, parcerias e ampliaram seus contatos, enquanto que os expositores da Feirarte ganharam um público novo, inclusive de gente que até então nunca tinha conferido diversos "talentos artísticos" da tradicional Feira de Artesanato do Ipiranga!

É assim que se justifica o nome "Pet-Solidária" da feirinha do Museu, afinal, conforme diz o ditado: "Uma pata lava a outra".

Expositor da Feirarte com Expositora da Feira Pet
                    

Esse evento, inédito até então no bairro, só foi possível graças à parceria com a Feirarte e ao apoio da Subprefeitura do Ipiranga que gentilmente cedeu o espaço para a "feirinha". Uma subprefeitura que está aberta a ideias novas e disposta a revitalizar antigos espaços ampliando as  atividades culturais, sociais e público-alvo. 

As artistas Daniela Bená e Cândida Bitencourt

                       

Ocorrendo uma vez por mês desde setembro deste ano, a Feira Pet-Solidária também levou para o Museu (clique em cada link para ler as matérias):

Oficina de Arte 


  Cãominhada de 7 de Setembro com os frequentadores do Cachorródromo do Parque Independência



Encontro com os cães do Canil do Corpo de Bombeiros do Ipiranga  



NOVE ONGS PASSARAM PELA "FEIRINHA PET":

Os grupos "Gatos do Ipiranga" e "Gatos do Museu" que se dividem nos cuidados com os gatinhos do Pq Independência, e a ONG Bicho no Parque que faz o mesmo trabalho com os gatos do Parque Ibirapuera (um trabalho de castração e monitoramento de felinos em espaços públicos que, aliás, é recomendado pela OMS - Organização Mundial de Saúde e que funciona muito bem, por exemplo, em pontos turísticos da Itália, Espanha e Grécia)

                                                          ONG Gatos do Ipiranga

Projeto Pet Carente que, ao prestar auxílio para animais de moradores de rua nas imediações do Ipiranga, também acaba auxiliando várias famílias carentes com alimento e produtos de higiene pessoal

A ONG Abraço Animal que tem a dura tarefa de resgatar animais de grande porte, como cavalos e bois vítimas de maus-tratos, incluindo alguns à beira da morte que sem esses voluntários não teriam qualquer chance de sobrevivência

                                                               ONG Abraço Animal

O Instituto Melhor Amigo que dá um suporte impagável aos animais que residem na Cosap (antigo CCZ de SP) procurando adoção para cães e gatos, além de trabalhar socialização dos mais arredios e, claro, levar um pouco de carinho para tantas patinhas e bigodes carentes

A Ampara Animal, uma das ONGs mais conhecidas e bem-sucedidas do Brasil por sua gestão de campanhas voltadas para animais domésticos e silvestres

                                                                 Ampara Animal

A Associação de Amparo Animal Ser Feliz que resgata e coloca para adoção cães do Ipiranga e  imediações

Projeto Perfeitos e Especiais que abriga mais de 100 gatos, muitos deles deficientes físicos incluindo 14 paraplégicos

A Feira Pet-Solidária contou com os artistas/empresas de arte:

A artista plástica Vicky Von Dorff, bastante conhecida na causa animal por doar e rifar muitas de suas obras para protetores de animais e, especialmente, para salvar a vida de muitos gatinhos em situação de emergência

                                                    Vicky Von Dorff

As artistas plásticas Daniela Bená e Daniele Gordillo que promoveram oficina de arte infantil gratuita tendo como tema o sagui - um macaquinho que infelizmente foi sendo abandonado no Pq Independência ao longo dos anos


As artistas plásticas Cândida Bitencourt da CandyArtPop e Martha Campos

Editora Mi-Au Book & Cia que desenvolve fotolivros literários pet-solidários



Participaram também as empresas do Ipiranga:

Doggie Pet Shop - que gentilmente cedeu um lindo brinde para sorteio na primeira edição

Villa Doggie e Patinhas Por Aí que participaram como expositores e ajudaram as ONGs com doação de ração ou revertendo parte das vendas

GRATIDÃO DO TAMANHO DO PARQUE INDEPENDÊNCIA

Como jornalista/escritora amante de animais, idealizadora e realizadora da Feira Pet-Solidária do Museu do Ipiranga, agradeço a todas as ONGs e artistas, visitantes (incluindo parentes e amigos), aos fotógrafos Roberto Aoike e  Arnaldo Oliveira (Nova Gazeta do Ipiranga),


 ao Jornal Ipiranga News,


  Ipiranga Feelings


 Agradeço ainda à Feirarte, Subprefeitura do Ipiranga, ao Wagner Spolon diretor do Pq Independência (que é uma pessoa ímpar),  Corpo de Bombeiros , pessoal do Cachorródromo e à Suleima que sempre ajudou os gatinhos do Museu e foi quem me passou os primeiros contatos pra feira pet acontecer. 

E, claro, um agradecimento muito especial a uma figura pra lá de simpática que passou a ser amada por todos: a feiranista número "Um" Cynthia Amaro, "gateira raiz", que esteve presente em todas as edições adquirindo produtos de todas as barracas. 


P.S.: Se esqueci de agradecer alguém por favor me avise para eu inserir.

O QUE ESPERAR PARA 2022

Vamos esperar o que nos une e fortalece: Solidariedade. E quando podemos juntar arte/artesanato, cultura em geral e gente que faz o bem em espaços públicos o resultado é sempre muito Bom!

Em 2022 os eventos no Ipiranga devem entrelaçar as mãos de entidades/associações privadas, artistas/ artesãos, orgãos públicos e universidades  sem deixar de lado as "patinhas" dos peludos que tanto amamos.  Vamos sonhar e colocar as mãos na massa juntos?!

Mais fotos de diversas edições:











Fátima ChuEcco - Jornalista e Escritora 

Autora do clássico "Mi-Au Book - Um livro pet-solidário" que reuniu cães e gatos do Brasil e exterior e teve em sua segunda edição a participação de Brigite Bardot. Jornalista ambientalista, de cultura e turismo, especializada em animais de estimação. Presta consultoria sobre gatos perdidos e desenvolve fotolivros literários com crianças e animais.  Saiba mais no site www.miaubookecia.com  




Um comentário:

  1. É fundamental para fortalecer a comunidade de moradores do bairro, ações humanitárias que integram laser, cultura e meio ambiente, além de permitir o intercâmbio de saberes e novas parcerias, que venham mais eventos do bem em 2022.

    ResponderExcluir

"Massacre da Serra Elétrica" em SP: Paraíso de saguis e aves sendo dizimado. Assine a petição!

URGENTE! Quem ama animais ou têm consciência da importância de se preservar áreas verdes precisa assinar agora mesmo a petição para impedi...